Limitador do Equalizador...

Equalizadores, compressores, efeitos, delays, racks, pedestais, todos os equipamentos que não se enquadram nas outras categorias

Limitador do Equalizador...

Mensagempor Deiny » Qui, 25 Out 2007 11:17 pm

Aí pessoal, to "viciando" nesse fórum, 3 topicos em 3 dias rsrs...
Mas vamos lá!

Essa é simples... tenho um Eq Behringer FBQ6200:
http://www.behringer.com/FBQ6200/index.cfm?lang=eng

Como podem ver, esse eq tem limiter... Eu uso esse eq em conjunto com um amp Oneal 2000PRO, que tem proteção contra clipping. O que seria melhor pra evitar ondas quadradas, protegendo os falantes? Deixar que a proteção do amp se encarregue do serviço, ou ajustar o limitador do equalizador? Ou ainda, as duas coisas? (Como estou fazendo no momento, ajustei o limiter pra praticamente coincidir com o clipping do amp).

Fiquem na paz!
Avatar do usuário
Deiny
 
Mensagens: 443
Registrado em: Seg, 01 Out 2007 9:38 pm
Localização: Lages/SC

Mensagempor bersan » Sex, 26 Out 2007 10:45 am

Deiny,

eu estava guardando isso para um artigo, mas já que você perguntou...

A função do limitador no amplificador você já aprendeu, então OK. Mas muita gente usa compressores (como limitadores) e/ou equalizadores com limiters (nem sabia que esse Behringer tinha, valeu pela dica), no final dos periféricos, antes dos amplificadores (independente dos limiters internos dos amps). Eles vão servir para limitar o volume geral, de forma a não incomodar os vizinhos.

Exemplo prático, de um caso que aconteceu na minha cidade, com um bar (o mesmo se aplica a uma igreja) : vizinho reclamando de som alto, o bar foi várias vezes multado pelo Disque Silêncio e, finalmente quando ameaçado de fechamento, o dono chamou um consultor de áudio.

O consultor então:

- descobriu o limite legal de volume máximo (dB SPL) para o local e para o horário, no caso 60dB.

- colocou uma pessoa na casa do vizinho, no local onde mais dava barulho (o quarto mais próximo do bar), com um decibelímetro. Pediu ao dono da casa para fechar a janela (o argumento foi muito interessante: se você próximo de um aeroporto, era mais fácil o senhor fechar a janela ou mudar a rota dos aviões?). Essa pessoa estava equipada com rádio.

- o consultor foi ao bar, onde colocou ruído rosa para tocar, e ficou se comunicando através do rádio para saber quantos dB estava alcançando na casa do vizinho.

- através de um limitador (um eq ou compressor com limitador), foi limitando o sinal até que na casa do vizinho o valor ficasse dentro do limite.

- Pronto, todo mundo feliz. Não importa a potência do amplificador (nem o limitador interno dele), o limitador externo (do compressor ou do eq) não deixa o volume ultrapassar o limite.

- Para que ninguém mexesse no controle do limitador , a ameaça era que a próxima vez que acontecesse algum problema, o estabelecimento seria fechado.

Deu resultado, acabaram os problemas, as multas e os incômodos.

Agora entendeu? Aproveite, é um recurso maravilhoso, que pode evitar muitos, muitos problemas. Difícil é conseguir um decibelímetro, procure empresas de segurança do trabalho, elas costumam ter.

Um abraço,

Fernando
Avatar do usuário
bersan
Site Admin
 
Mensagens: 7980
Registrado em: Qua, 13 Set 2006 11:19 am
Localização: Vitória/ES

Mensagempor Deiny » Sex, 26 Out 2007 12:32 pm

Tá, então pelo o que entendi, esse limitador do eq não tem muita função no que tange proteger minhas caixas? Falando nisso, o que acontece com o sinal quando ele é limitado por esse limitador?

Problemas com volume graças a Deus não temos em nossa igreja, até porque somos (digo de minha parte, o min. de louvor) bem responsáveis quanto a níveis sonoros saudáveis e que não gere problemas com vizinhos.
Avatar do usuário
Deiny
 
Mensagens: 443
Registrado em: Seg, 01 Out 2007 9:38 pm
Localização: Lages/SC

Mensagempor bersan » Sex, 26 Out 2007 4:43 pm

Deiny,

limitador de amplificador serve para proteger o amplificador e as caixas contra a ocorrência de clipping (e consequente formação de ondas quadradas). Ele entra em ação quando a potência máxima do amplificador é atingida e ultrapassada (ele não deixa ultrapassar).

Se você tiver um amplificador de 10.000 Watts de potência, ele só vai atuar quando a potência chegar nos 10.000 Watts. Não se tem controle para variar o limitador do amplificador (alguns caríssimos têm).

Só que 10.000 Watts, para seu vizinho, podem ser 10.000 problemas. Então...

limitadores que vem em compressores (mais comum) ou em equalizadores (menos comum) são utilizados para estabelecer um limite no volume. Você pode variar o controle do limitador (o volume), conforme a necessidade. Uma vez estabelecido o limite correto, o músico ou operador pode "tochar" volume o quanto quiser na mesa de som, que sempre será limitado pelo limitador.

Claro que essa limitação não é "transparente". O som é literalmente "achatado", mas isso significa que um certo nível de volume, que não deveria ser ultrapassado, foi além disso. E é melhor achatamento que excesso de volume (este gera multas, o outro não).

Limiters no compressor/eq também podem proteger caixas. Imagine o seguinte: você consegue caixas de 100W cada uma, mas só tem nas mãos um amplificador com 5.000 Watts de potência. Nesse caso, o amplificador é muito mais potente que as caixas, e pode acontecer problemas de queima de falantes (lembre-se que o limiter do amp só começa a trabalhar quando o sinal chegar em 5.000 Watts). Assim, para evitar esse tipo de problema, limita-se o sinal, de forma que o amplificador não ultrapasse um certo nível de potência (o recomendado no exemplo acima seria 200W por caixa, no exemplo).

Por fim, se você não tem problemas com volume, deixe do jeito que está.

Um abraço,

Fernando
Avatar do usuário
bersan
Site Admin
 
Mensagens: 7980
Registrado em: Qua, 13 Set 2006 11:19 am
Localização: Vitória/ES

Mensagempor Deiny » Sex, 26 Out 2007 5:24 pm

Ah beleza então... no meu caso o limiter do eq não me serve de muita coisa. Pq a potencia maxima do meu amp não execede a das caixas.

Valeu pelo esclarescimento!
Avatar do usuário
Deiny
 
Mensagens: 443
Registrado em: Seg, 01 Out 2007 9:38 pm
Localização: Lages/SC

Mensagempor R. Leal » Sex, 26 Out 2007 5:55 pm

Deiny escreveu:Ah beleza então... no meu caso o limiter do eq não me serve de muita coisa. Pq a potencia maxima do meu amp não execede a das caixas.

Valeu pelo esclarescimento!


Esse sim pode ser um problema, pois como ´´falta´´ potencia no amp. muita gnt aumenta o ganho tentando tirar algo mais do sistema, gerando assim a famosa onda quadrada, que, dependendo do tempo podera danificar os falantes da sua caixa.
Avatar do usuário
R. Leal
 
Mensagens: 7273
Registrado em: Seg, 22 Out 2007 10:55 pm
Localização: Framingham-Massachusetts

Mensagempor ingo » Sex, 26 Out 2007 8:04 pm

bom, dando um pitaco no assunto, vou falar um pouco mais sobre comrpessao e limitação

o compressor eh usado para diminuir a dinamica do som, na verdade ele pega o ponto mais baixo do nosso sinal de audio e coloca ele mais proximo do pico de sinal. isso deixa o sinal mais uniforme, mas se usado em excesso, achata o som, deixando-o com uma sonoridade ruim.
o limitador, funciona de modo simples, acima de um determinado valor, ele simplesmente ignora o sinal de audio, e achata o sinal. por isso, só é usado para proteção do sistema, para nao injetar ondas quadradas em amplis e falantes.
uma coisa sobre amplificação, é o seguinte, o controle dele, na verdade não é de volume, mas sim um atenuador de entrada. o fator de amplificação é sempre o mesmo, seja qual for o sinal. um exemplo, se um sinal de 1v é injetado em um apli com amplificação de 40 vezes, a saida será de 40v, se injetarmos 2volts, saem 80 volts. o limitador do amplificador atua justamente ai, quando o sinal de entrada ultrapassa a capacidade máxima do amplificador, o limitador atua e não deixa o sinal distorcer o amplificador.
neste caso o limitador deve ser usado para proteção de falantes e sistemas, e se bem regulado, pode ficar bem legal.
Ingo von Ledebur
Sonoplasta, Operador de áudio PGM, PA e Monitor
AES 76062
DRT 25470/SP
Sind Rad SP 22261-2
ABTecC
Avatar do usuário
ingo
 
Mensagens: 814
Registrado em: Dom, 21 Jan 2007 11:53 pm
Localização: São Paulo

Mensagempor Deiny » Sex, 26 Out 2007 11:31 pm

raphael leal escreveu:Esse sim pode ser um problema, pois como ´´falta´´ potencia no amp. muita gnt aumenta o ganho tentando tirar algo mais do sistema, gerando assim a famosa onda quadrada, que, dependendo do tempo podera danificar os falantes da sua caixa.


Só pra constar, minhas caixas tem especificação de potencia maxima de 250Wrms... e o amp está entregando pra cada uma delas 360Wrms. Como comentei em outro tópico, sei que não é o ideal, aprendi que teria que ter um amp q dispusesse de 500Wrms pra cada... Mas pras minhas necessidades eu não preciso "socar" o amp, mesmo tendo menos potencia que as caixas suportam.

E mesmo se eu precisasse botar tudo no máximo pra atingir um resultado satisfatorio, o meu amp (oneal 2000 pro) tem proteção contra clipping, impede geração de ondas quadradas... Então estou seguro não é?
Avatar do usuário
Deiny
 
Mensagens: 443
Registrado em: Seg, 01 Out 2007 9:38 pm
Localização: Lages/SC

Mensagempor R. Leal » Sáb, 27 Out 2007 1:59 am

Com certeza esta seguro, falei sobre ondas quadradas so para exemplificar, nao quis dizer q no seu sistema poderia gerar, mas sim nos sistemas em geral q na maioria das vezes a potencia da caixa eh maior q a do amp.
Avatar do usuário
R. Leal
 
Mensagens: 7273
Registrado em: Seg, 22 Out 2007 10:55 pm
Localização: Framingham-Massachusetts

Mensagempor bersan » Sáb, 27 Out 2007 2:29 pm

Deiny e Raphael,

vamos fazer uma revisão para esclarecer melhor as coisas:

-limitadores internos aos amplificadores só servem para proteger contra clipping. Logo, vão proteger os falantes de danos causados por ondas quadradas. E só!

- limitadores externos (fora dos amps, em geral vem com compressores ou em eq) tem função mais abrangente, por exemplo:

a) evitam clipping quando seu Threshold (nível, limiar) = potência máxima do amplificador. No caso, trabalhará como se fosse um limitador interno.

b) protegem caixas contra excesso de potência, mesmo sem clipping, que também podem queimar falantes (apesar de ser uma causa mais rara). É o exemplo de uma caixa de 100W ligada a um amplificador de 10x mais potência. Basta que o Threshold do limiter esteja em um valor em que a potência indicada (2x mais que a potência da caixa) não seja excedida. Neste caso, pouco importa se o amplificador tem limitador interno ou não, quem vai "segurar" a potência é o limitador externo.

c) protegem os nossos ouvidos, os ouvidos dos vizinhos e principalmente o nosso bolso contra multas e problemas de Disk-Silêncio e assemelhados. Nesse caso, não tem nada a ver com potência de amplificadores ou potência de caixas, mas sim com o nível de pressão sonora (dB SPL, volume geral) que estamos ouvindo (e que é permitido).

Daí tiramos as seguintes conclusões:

- amplificadores com limitadores internos são sempre bem vindos, independente da situação, pois ondas quadradas são sempre indesejadas, independente da situação.

- se seu amp não tem limitador interno, um compressor/limitador é uma aquisição bem vinda, para evitar queima de falantes (entre as outras funções).

- se você não tem problemas com vizinhos, seu amplificador tem 2x a potência das caixas de som (nem mais nem menos), e não costuma acontecer problemas de queimas de falantes, então um limitador externo não é necessário (mas o interno continua bem vindo).

Espero que tenha ficado bem entendido.

Um abraço,

Fernando
Avatar do usuário
bersan
Site Admin
 
Mensagens: 7980
Registrado em: Qua, 13 Set 2006 11:19 am
Localização: Vitória/ES


Voltar para Periféricos e afins

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 0 visitantes