StudioR Z1600 vs. Machine A3000WVOX

Studio R Z1600 vs. Machine A3000WVOX

Resolvi escrever esse artigo comparando minha Studio R Z1600 com minha Machine A3000 Wvox. Primeiramente quero avisar que não estou criticando uma nem outra, até mesmo porque os equipamentos são bem diferentes em potência, estou apenas expressando minha opinião sobre as duas marcas, que alias, são excelentes.

As especificações técnicas dos produtos são as seguintes:

Studio R Z1600 série 4 Ohms.
- Relação sinal / ruído melhor do que 105dBA
- Distorção (THD) menor do que 0,05 %.
- Resposta de freqüência: 15Hz a 40kHz @ -3dB
- Potência de 1600 watts RMS @ 4 ohms; 800 watts RMS por canal
- Potência de 1000 watts RMS 8 ohms; 500 watts RMS por canal
- Totalmente balanceado, com opto-limitador, sistemas de proteção, ventilação progressiva e high-pass filter.
- Possui crossover estéreo ajustável,com saídas de altas ou baixas freqüências e cortes independentes para cada canal. Funciona também como bi-amplificador.
- Recurso SoftStart. Acionamento silencioso. Impede que cargas nocivas danifiquem amplificador e falantes em casos de queda de energia.
- Operação BiVolt: Selecionável para redes de 110 e 220 V.
- Recurso SoftClip. Limitador ativo. Previne danos aos falantes e evita o clipamento. Controla a máxima potência do amplificador livrando-o de distorções.
- DCCS: Sistema de contato total entre dissipador e transistores. 60% mais eficiente que os sistemas convencionais.
- Sistemas de proteção contra sobrecarga de entrada, curto circuito, DC, transientes, ultra-som, cargas reativas ou descasadas, rádio freqüência e superaquecimento com sensores térmicos individuais.
- Fonte dimensionada: garante o funcionamento com tensão variável. Proporciona graves potentes e precisos, mesmo com baixa impedância.
- Sensibilidade de entrada: 0dB, 775mV
- Fator de amortecimento maior que 2000 a 8 Ohms – 40Hz
- Peso de 14kg
- Garantia de 3 anos

Manual de instruções: http://www.studior.com.br/mancross.pdf

Machine A3000 Wvox
- Potência em 4 Ohms: 800W (400W por canal)
- Potência em 8 Ohms: 480W (240W por canal)
- Sensibilidade de entrada: 0dB, 775mV
- Distorção Harmônica: 0,05%
- Resposta de Frequência: 20Hz / 20KHz
- Damping: 300 1K 8 Ohms (Damping = Fator de Amortecimento)
- Consumo Máximo em 4 Ohms: 1.120 Watts.

http://www.machineamplificadores.com.br/wvox.html
Não há manual disponível no site.

Aparência e Visual

Vou começar falando do visual das duas. Enquanto a Machine 3000Wvox tem uma frente "simples" a Studio R Z1600 tem detalhes em prata e uma grade de metal que dão uma impressão de ser uma potência robusta. O problema que a frente é feita de plástico, e ai já viu… Se usar ela fora de case, ela core o risco de aranhar (que é meu caso). Então, fica aí uma dica: StudioR é para ser usado em cases ou racks. Mas como esse é um site voltado para áudio e não estética vamos aos detalhes que realmente nos interessam.

A potencia Machine 3000Wvox é bem menor em comparação a Studio R Z 1600, apesar desse modelo ser mais "fraco", 800wrms, o modelo 6000Wvox (de 1.600wrms) tem as mesmas dimensões (90mm x 482mm x 300mm), e ambas pesam pouco menos que 10Kg.


Já a Studio R Z 1600 tem 90mm x 482mm x 300mm e pesa 14kg, porem o material que é construído o gabinete parece ser mas resistente (nunca dei uma martelada pra testar, mas posso dizer isso pelos amassos). Em geral, no designer eu fico com a Machine, leve, compacta e prática. Além disso a Machine conta com led’s que indicam o nível da potencia, variando de -40db a IPC (Clip), apesar da maioria das mesas possuírem esses led, existem algumas que não tem ou não são tão precisos. Já a Studio R tem 3 led’s por canal, sendo: On, Signal (Sinal) e Clip.

Um outro detalhe é que na frente do amplificador Machine há os controles de volume, enquanto os do StudioR ficam atrás.

Conexões

Ambas potências possuem conexões balanceadas, com conectores XLR e P-10 TRS. Há chave seletora STERO / PARALELO e seletor de voltagem. Um problema sério que encontrei nos bornes Machine 3000Wvox, são que eles só aceitam fio de ate 2,5mm². Já na Studio R Z1600, os bornes suportam fios de 6mm² facilmente. Como uso 2 fios de 1,5mm² por canal, na Machine foi necessário adaptar um esquema com um conector de fios de chuveiro (que funcionou muito bem):



Crossover Interno

A Studio R Z 1600 conta com um crossover interno, que pode ser ajustado de acordo com sua necessidade através de jumpers. Como uso caixas full ranges, isso não me traz grandes benefícios, mas para quem usas caixas de grave e de médio agudo, isso ajuda e muito. O crossover pode ser acionado independentemente por canal, você pode encontrar mais informações aqui: http://www.studior.com.br/manapp.pdf

Sonoridade

Ambas tem o timbre excelente, a Studio R tem os médio e agudos muito bem definidos e claros, já a Machine tem um grave mais profundo. Apesar de ter a metade da potencia da Studio R da pra perceber a diferença nitidamente. Em questão de qualidade sonora não tem como escolher uma ou outra.

Assistência técnica

A StudioR nunca precisou de assistência técnica, mas a Machine já. No começo de 2009, quando comprei a potencia, eu só tinha 2 caixas de 8 Ohms cada. Funcionou muito bem nesse tempo, mas quando comprei mais 2 caixas e liguei 2 por canal (fazendo 4 Ohms/canal), notei que ela não estava trabalhando bem, ela desarmava quando ficava em uso por algum tempo. Resolvi levar à assistência, levou algum tempo pois o vendedor disse que tinha mandado para uma empresa que não era mais autorizada, então ela foi mandada para São Pulo onde ficou por 2 semanas. Felizmente já utilizei ela em 4 Ohms e não desarmou mais. A assistência da Machine foi ótima, me ligaram perguntando o que havia ocorrido e se eu precisaria de uma potência para usar enquanto não ficava pronta. Só que nesse perído, o próprio vendedor me emprestou a Studio R Z1600, já usada, mas que eu acabei comprando!

Concluindo

A única grande diferença entre as duas, é o preço, a Studio R Z 1600 (~R$3.000,00) chega a custar o dobro da Machine A6000Wvox(~R$1.600,00) ambas 1.600wrms 4Ohms Classe AB (a A3000Wvox custa na faixa de R$1.000,00). Porém a Studio R Z1600 dispõem de mais recursos, como o crossover interno, maior resposta de freqüência e garantia de 3 ANOS. Mas se você não necessita de Crossover a Machine A6000Wvox acaba sendo uma ótima opção, com 1 ano de garantia e preço menor.

Ainda não tive a oportunidade de comparar as séries 2ohms das duas, mas quando tiver podem ter certeza que vou testá-las e compartilhar minha experiência com vocês!!!

Esse foi meu 1º artigo (espero que de muitos) me desculpem se cometi erros ou falta de informações, podem me alertar sobre o que posso melhorar. Valeu ;D
 

  1. Raphael Andrade:
    Boa a ideia !!! e interesante saber que existe vida depois da studio r.....sugiro fazer
    studio r ...vs outras marcas... "populares" como Oneal....Cilotron.....Mark Audio... e Unic

    será que studio R é tão necessária assim? no uso dia a dia

    abraços....
  2. Cassiano:
    Outra dica é um teste comparativo com os Hotsound.

    Aproveitando, meu amplificador tinha dado problema ele é um Hotsound Hsx300, o transformador que é toroidal tinha entrado em curto e na placa tinha dois capacitores inchados, bom o transformador coloquei para concertar, foi enrolado novamente e trocado esses dois capacitores.

    Agora as vezes eu tenho a impressão que o som mudou um pouco para pior, ai perguntei para alguns membros da igreja o que acham e eles dizem que tá a mesma coisa, aí vem minha pergunta será que a troca dos capacitores que acredito ser da parte de filtragem de energia (são do mesmo valor dos anteriores) e o transformador influenciam no audio?? Ou será paranoia minha?????

    Abraços
    Cassiano Ricardo.
  3. oliveira:
    Como já comentei em outro tópico, minha única objeção ao WVOX é o forte ruído da ventilação. Esta foi a única razão de eu ter devolvido um A4000WVOX, pois para uso em igrejas realmente atrapalha um pouco. Quanto a sonoridade, realmente é muito boa.

    sds

    Toninho
  4. Cassiano:
    e aí pessoal sobre minha pergunta ninguem pode opinar?
    No meu achismo acho que não tem o que infuenciar, mas de repente posso estar errado.

    []´s

    Cassiano Ricardo
  5. mbenedito:
    Cassiano,

    Creio que o tranformador não possa influenciar diretamente no som, mas se ele for de má qualidade e/ou apresentar uma amperagem mais baixa do que o nescessario para o correto funcionamento, pode sim itenferir o mesmo vale para os capacitores. O lugar que ocê mando o AMP. é de confiança? Tente comparar com uma potencia igual nova, pode ser paranoia sim; isso ja aconteceu e muito comigo.

    Abraço!
  6. TSA:
    [quote="Cassiano":3u8bug0m]Agora as vezes eu tenho a impressão que o som mudou um pouco para pior(...)
    será que a troca dos capacitores(...) e o transformador influenciam no audio??[/quote:3u8bug0m]

    Rapaz, penso que [b:3u8bug0m]é possível[/b:3u8bug0m]. Quanto aos capacitores, ñ sei em detalhes.
    Mas quanto à fonte (transformador), penso que há boa dose de influência no seguinte ponto: se eventualmente ela tiver perdido parte de sua capacidade de fornecimento de energia (potência, mesmo :D ), acredito que o amp pode distorcer (clipar) nos momentos de maior solicitação de potência.

    Não dá p/ afirmar nada; quem pode dizer é vc: a piora na qualidade que vc notou (ou pensa que notou) é isso (distorções no som -- se for o caso, talvez até imperceptíveis com menores solicitações de potência)?

    E mais: [b:3u8bug0m]é um palpite meu. De repente, tô errado. :D[/b:3u8bug0m]


    Abraço!
  7. Cassiano:
    Sempre tomo por base a qualidade das vozes, estou sentindo que o timbre mudou, não consigo deixar as vozes soarem de forma natural, minha igreja é pequena não requer muita potência então o amp não é muito exigido, mas a minha maior percepção de alteração do som é nas vozes e lá o amp nunca clipou, não é que as vozes distorcem mas o timbre está mudado, exemplo se uma pessoa esta falando ao microfone e coloco o fone para ouvir o som está legal natural mas nas caixas não está a mesma coisa. Não esta ridiculo vamos dizer assim mais não esta o timbre que era antes.

    Vou ver se consigo um outro amp emprestado para fazer um teste comparativo.

    Abraços
    Cassiano Ricardo
  8. bersan:
    Cassiano,

    fonte e capacitores influenciam principalmente na capacidade máxima do aparelho. Que pode alterar o timbre, isto pode, mas duvido que seja muita coisa.

    Você pode estar sofrendo é de perda de referência. Quanto tempo ele ficou no conserto? O que você usou no lugar?

    Fernando
  9. TSA:
    [quote="bersan":3m5zu9xr](...)perda de referência(...)[/quote:3m5zu9xr]

    Rapaz, nem me fale. Eu só opero equipamento tosco (o da minha igreja), é dose...

    Tento adquirir boa referência em casa, com som de qualidade, mas ñ deixa de ser complicado :D


    Abraço!
  10. Cassiano:
    O engraçado é que no meu ver realmente nãotem muita lógica o amp ter mudado o timbre, mas não foi só eu que notou, pessoas que cantam, outro operador de audio, o pior que ficou PIOR hehehe, mas estou testando com outro hotsound emprestado e amanhã dou um retorno da minha impressão com esse outro amplificador.

    Abraços
    Cassiano Ricardo
  11. Cassiano:
    Comprei um Nashville NA2200 e no primeiro teste ele agradou, mas vou aguardar um dia de Culto pra ter uma avaliação mais concreta, mas já gostamos do Nashville, mas depois falarei com mais base depois do Culto.

    Abraços
    Cassiano Ricardo
  12. THiago Vieira:
    Olá pessoal, sou novo no fórum. Na vdd sou consultor comercial da AudioQuality, não tenho necessariamente nenhuma intenção de fazer propaganda no fórum, mas gostaria de propor um teste do StudioR com um de meus equipamentos. E obrigado, tenho aprendido muito com vcs, nos tópicos e respostas que leio . Afinal comecei a trabalhar com essa área há apenas três dias. Obrigado e desculpe qualquer coisa. Abraço
  13. bersan:
    Olá Thiago, seja bem vindo ao SomAoVivo.

    [quote:3cbhyfdm]mas gostaria de propor um teste do StudioR com um de meus equipamentos. [/quote:3cbhyfdm]

    obrigado pela oferta. Vocês são de Piracicaba, correto? Tem alguém do fórum que é de Piracicaba ou redondezas?

    Thiago,

    olhando o site de vocês...

    www.soundtech.ind.br
    www.audioquality.ind.br

    eu acho que vocês precisam dar uma melhorada no site. Internet é um canal de vendas precioso, principalmente porque alcança todo o país, correto? Mas...

    1) Clico em Produtos, depois em "Amplificadores" e me vem uma página em branco...
    2) Não tem manuais disponíveis. Sim, são poucos, mas 1% dos consumidores lê manual ANTES de comprar o equipamento.
    3) Há um "Onde comprar", com um mapa do Brasil. Nenhum estado me retornou resultado.
    4) Mesma coisa para assistência técnica.

    Como o negócio tava feio, achei que você porque uso o Firefox. Fui testar no IE e... mesmo resultado.

    Eh... complicado.

    Mas tem coisas que eu gostei. As fotos da Galeria, na parte de amplificadores, fotos internas, mostra um projeto limpo e bonito. Isso é bom! Coloquem mais, fotos internas produto por produto! Além disso, coloquem quem usa, os produtos, locadoras, artistas. Fotos dos produtos em uso, em shows! Não precisa ser endorser não...

    Um abraço,

    Fernando
  14. Cassiano:
    Realmente o site precisa de uma melhorada.Tive a mesma experiência do Bersan.

    Abraços
    Cassiano Ricardo
  15. THiago Vieira:
    Obrigado pela acolhida Fernando.
    Quanto as suas perguntas vou lhe responder assim:
    Como sou novo na empresa ainda estou retocando muitas coisas e uma delas é o site, foi bom vc ter colocado os tópicos que precisam de melhora, vou providenciar e em breve poderá ter todas essas informações.
    Quanto ao fato de ter mais pessoas de piracicaba no fórum, isso já não sei te dizer, e escolhi a dedo o fórum ao qual eu iria entrar, vcs me deixaram uma excelente impressão, pois aqui postam pessoas bem profissionais com grande entendimento no assunto de áudio, estão de parabéns.
    Abraço.
  16. bersan:
    [quote:1a8xbch5]vcs me deixaram uma excelente impressão, pois aqui postam pessoas bem profissionais com grande entendimento no assunto de áudio[/quote:1a8xbch5]

    Obrigado. E pensar que a maioria aqui é leiga (eu sou funcionário público, outro é eletrotécnico, outro trabalha com persianas), não profissional (voluntários na igreja), auto-didatas (quem quer aprender começa por onde? Pelo manual) e sem dinheiro (hehehe)!

    Quanto ao "Piracibaca", eu fiz um anúncio, na verdade para alguém aí das redondezas se manifestar ao ler a mensagem...

    Temos um "agente secreto" em Tatuí... não sei se é aí perto...

    Um abraço,

    Fernando
  17. isinho:
    hehe

    Pois é, sou de Tatuí - não é longe não...

    Posso fazer sim o teste
  18. mbenedito:
    Fernando,

    Moro bem perto de Piracicaba. Inclusive eu comprei meus equipamentos em Piracicaba, em uma loja chamada RTA Audio e Acustica, que é uma otima loja. Da uns 30 minutos daqui, vou quase sempre pra la, se puder ajudar, estou a disposição!
  19. bersan:
    MBenedito,

    você que já tem um Machine e StudioR, entre em contato com o Thiago, converse com ele, faça o teste. StudioR x Machine x AudioQuality, será bem legal.

    Um abraço,

    Fernando
  20. Pâmela:
    Oi pessoal,

    queria colocar uma questão quanto ao teste.... que acredito que influencie no valor final? Como foi falado no teste, a StudioR permite o uso de um cabo com mais filamentos do que a Machine, vocês repararam também quais conectores od fabricantes usam? Nâo nos bornes, mas os XLR. Se não me engano, a StudioR usa Neutrik.
  21. rafaellerm:
    Os StudioR mais antigos (não sei até que ponto) usavam Neutrik e Amphenol (o Z500 da minha igreja tem Amphenol), enquanto os mais novos usam todos Neutrik.
  22. bersan:
    Olá Pâmela, estava sumida. Que bom que apareceu.

    Olhe só...

    a questão do tamanho dos bornes é interessante sim. Tenho uns Ciclotron DBK e PWP que só aceitam fio até 2,5mm² "confortavelmente," os 4mm² já são ruins de entrar. Por outro lado, nos StudioR os 4mm² entram com facilidade, talvez até os 6mm² (esses nunca testei).

    Por outro lado, quem trabalha com sistemas móveis, acaba que a gente usa muito conectores banana, logo não importa muito se o borne do amplificador aceita 1mm² ou 6mm², pois a preocupação agora é que o conector babana aceite isto. E sim, há "bananas" que aceitam 1mm² e outros que aceitam 6mm².

    Quanto aos StudioR, meus 2 (Z700 e Z900) estão com Amphenol! Qual que é mesmo o da Ciclotron... deixa eu ver... nem marca tem.

    Um abraço,

    Fernando

Deixe seu comentário no fórum