• This site uses cookies. By continuing to use this site, you are agreeing to our use of cookies. Learn More.

1 Falante de 16 ohms é igual a 2 Falantes de 8 ohms em serie?

#1
Pessoal, certa vez, vi em um post que dizia que caixas com impedância mais alta, apresentavam um som de melhor qualidade, e que o som "agride" menos o ouvido de quem esta mais próximo e ainda viaja mais, chegando mais lonje e com mais qualidade, neste mesmo poste afirmava que orquestras usavam caixas com impedância mínima de 16 ohms.
Não sei até onde essa informação procede, mas sei que de fato maior a impedância, maior a qualidade...
Não encontrei mais o post citado, mas achei um outro parecido que reforça a qualidade das cixas de maior impedancia.

http://blog.lojadosomautomotivo.com.br/o-que-e-impedancia-ohms-alto-falante-amplificador-2695


A pergunta é...

O som de um Woof de 16 ohms, será o mesmo som (no quesito qualidade e distancia de "viagem" das ondas sonoras) de 2 falantes de 8 ohms ligados em serie? Ou por ter uma engenharia diferente a qualidade do áudio será o mesmo que o fabricado (nesse caso a qualidade de um falante de 8 ohms, por mais que o amplificador "enxergue" 16 ohms)???
Alguém já vez esse teste?

Sei que para tocar uma caixa de 16 ohms precisarei de um amplificador "especial", mas para mim, esta é a parte mais fácil de se resolver.
Estou precisando reprojetar o meu som e queria ter certeza destas informações para saber exatamente o que vou fazer.
 
#3
Ótimo material, mas na eu já tinha lido em outra ocasião, pra mim não houve nada de novo, eu já conheço tudo o que foi apresentado na pagina, a minha duvida não é com relação a ligação, como funciona ou porque disso, pq daquilo, como calcular etc.
O que procuro saber é com relação a qualidade sonora, por isso perguntei se alguém já fez esse teste.

O som de um falante de 16 ohms é exatamente igual a dois falantes de 8 ohms? Com relação a liga, potencia necessária eu já conheço, quero saber da sonoridade.

Minha duvida ainda continua kkkk
Mas obrigado pela dica.
Abraço.
 

mbenedito

Moderator
Moderador
#4
Mas sua duvida não faz sentido, não da pra comparar a qualidade de 2 falantes com 1 falante, a sonoridade vai ser diferente, mas não por conta da impedância, a impedância so vai ditar o quando de potência o sistema vai receber, quanto menor a impedância, mais potência o amplificador vai mandar, talvez por trabalhar no limite, um sistema subdimensionado acabe perdendo qualidade, mas seria um caso a parte, não da pra dizer isso de maneira geral.

O som de um Woof de 16 ohms, será o mesmo som (no quesito qualidade e distancia de "viagem" das ondas sonoras) de 2 falantes de 8 ohms ligados em serie?
Só muda a forma que a potência vai ser aplicada, lembrando que ligar em serie se um parar, para tudo, não é uma ligação recomendada se não for muito bem feita e calculada.

neste mesmo poste afirmava que orquestras usavam caixas com impedância mínima de 16 ohms.
Balelá, papo de bar, esquece, não tem fundamento nenhum.
 
#5
Mas sua duvida não faz sentido, não da pra comparar a qualidade de 2 falantes com 1 falante, a sonoridade vai ser diferente, mas não por conta da impedância, a impedância so vai ditar o quando de potência o sistema vai receber, quanto menor a impedância, mais potência o amplificador vai mandar, talvez por trabalhar no limite, um sistema subdimensionado acabe perdendo qualidade, mas seria um caso a parte, não da pra dizer isso de maneira geral.
Quando falei que o amplificador é a parte mais fácil, é que eu tenho como fabricar o amplificador com todos os cálculos, meu cunhado fabrica amplificadores a mais de anos e tem até um projeto digital que da 8kw rms ligado em 110, ou seja, nesse amplificador eu tenho uma saide, em 16 ohms, de 500 wrms, o que me permite ligar um falante de em media 300w.

Digamos que eu ligue lesse amplificador...
1° caso - 1 falante de 300 wrms em 16 ohms
2° caso - 2 falante de 150 wrms em 8 ohms em serie

A potencia sonora será a mesma, não haverá a mudança que vc se refere.

A teoria e o poste que coloquei no inicio, afirma que quanto maior a impedância mais limpo o som, maior prova disso é que os fones mais caros trabalham com impedância alta, tem fone que trabalha com impedância de 70 ohms.

Por esses detalhes que fiz a pergunta e queria saber se teria diferença sonora.

Eu só queria saber se alguém já tinha feito este teste.
 

AltVan13

Well-Known Member
#6
@Junior Texas;

Se fosse assim tão simples ter um som melhor e com maior "tiro" vc não acha que seria algo extremamente difundido entre os locadores de som? Ia ser uma mão na roda e dispensar, em muitas aplicações e com vantagens, o uso de Lines. Tb precisamos levar em consideração que a dispersão sonora é um fenômeno físico. Ela se comporta diferente com ondas cilíndricas ( como nos Line e vertical array ) e com ondas esféricas. O recurso, físico, que faz com que a dispersão seja cilíndrica são as guias de onda, que é um assunto, ao menos pra mim, bem complicado.
Logo acho que a questão da impedância dos falantes por si só não produz nenhum dos efeitos citados na matéria que vc leu.
 

mbenedito

Moderator
Moderador
#7
"Tal falante tem 16 ohms, outro tem 8 ohms...", esse é a parte bobinha da teoria que ensinam no ensino médio, na pratica não é bem assim, a impedância varia de acordo com a frequência, temperatura entre outros fatores, normalmente a curva de impedância x frequência de um woofer é assim:


(Curva de impedância de um woofer de impedância nominal de 8 ohms)

Digamos que eu ligue lesse amplificador...
1° caso - 1 falante de 300 wrms em 16 ohms
2° caso - 2 falante de 150 wrms em 8 ohms em serie

A potencia sonora será a mesma, não haverá a mudança que vc se refere.
Se com potência sonora você quis dizer pressão sonora (volume), a resposta é não, provavelmente o segundo caso vai falar mais, visto que pressão sonora é medida em decibéis e não em Watts, e a potência é apenas um dos fatores que deve ser levado em consideração na hora de calcular.

Fazendo as contas você vai obter uma diferença de 3db a mais no segundo caso, levando em consideração falantes com sensibilidades iguais.
 
#8
@Junior Texas;

Se fosse assim tão simples ter um som melhor e com maior "tiro" vc não acha que seria algo extremamente difundido entre os locadores de som? Ia ser uma mão na roda e dispensar, em muitas aplicações e com vantagens, o uso de Lines. Tb precisamos levar em consideração que a dispersão sonora é um fenômeno físico. Ela se comporta diferente com ondas cilíndricas ( como nos Line e vertical array ) e com ondas esféricas. O recurso, físico, que faz com que a dispersão seja cilíndrica são as guias de onda, que é um assunto, ao menos pra mim, bem complicado.
Logo acho que a questão da impedância dos falantes por si só não produz nenhum dos efeitos citados na matéria que vc leu.

Opa, obrigado meu caro agora sim estamos falando de algo que é novidade pra mim kkk.

Vc falou da questão do alcance das ondas sonoras, quando se referiu a "tiro", certo? Mas e a outra questão, a qualidade de som, vc acha que teria alguma influencia?
É claro que tem a questão de a galera do som usar caso seja dessa forma, mas uma coisa que impediria a utilização de caixas com maior impedância é o amplificador (pelo menos é o que penso), ficaria inviável carregar mais amplificadores para menos caixa, por isso geralmente preferem usar uma impedância menor. Por essa questão eu penso que a questão da impedância pode ter algum resultado na qualidade final do som, embora não seja muito usado.

Posso estar enganado, mas o site tectudo, que pelo menos eu respeito e acredito nas postagens afirma o seguinte:
"Por isso, quanto maior a impedância em um heaphone, mais chances esse aparelho tem de oferecer áudio limpo - vale ressaltar que nem sempre é assim, afinal, outros fatores podem diminuir ou aumentar a importância da impedância em um fone, como potência e resposta de frequência."

Fora esse, foram muitas as postagens e comentários que afirmava que quanto maior a impedância, menor o ruído, ou seja, um som com maior qualidade

Gente desculpem a minha insistência, mas é que eu só quero entender exatamente essa relação "Impedancia - Qualidade" que muitos afirmam.
 

AltVan13

Well-Known Member
#10
Continua sendo uma questão de raciocínio : não seria só associar 2 falantes de 16 Ohms e eletricamente teríamos o equivalente à 1 falante de 8 Ohms?
Aí pro amp seria só uma questão de potência mesmo.
Leve em consideração que as aplicações de um fone de ouvido e de uma caixa acústica, embora ambos sejam destinados à reprodução de som, são totalmente diferentes. Meamo se analisarmos apenas fones de ouvido acho que não se comprovaria na prática esta questão dé maior impedância maior qualidade.
 

DJ GARAM

Well-Known Member
#12
A qualidade perceptível em um fone de ouvido, não está relacionada a impedância.
Esta relacionada ao mascaramento "timbre" escolhido pelo fabricante para qualquer modelo.
Note que o timbre de um headphone é sempre o mesmo, independente do programa musical.

Quanto a associação de resistências (impedância).
O fato de os transdutores serem interligados em série ou paralela, "dependendo" da repetitividade dos parâmetros,
na confecção do mesmo, o timbre vai ser mudado, lógico, pois mudou os parâmetros, mudou tudo.
Como o Murilo disse, a sonoridade vai ser diferente

O que pode ter acontecido é que esta mudança, possa ter criado um "novo" falante,
( acontece quando interligamos 2 falantes do mesmo modelo, porém com parâmetros diferentes) e com sua nova sonoridade,
possa ter agradado mais, ao ouvido do ouvinte.

Quanto a distância (SPL).
Considerando ...
1 falante de 16 ohm
2 falantes de 8 ohm em série, resultando em 16 ohm
Considerando a mesma potencia aplicada em ambos...
Você tende a ter mais spl nos 2 de 8 ohm, porque você duplicou a área de cone, moveu mais massa, moveu mais ar...
Mas... com auto falantes são super complexos, estas suposições são infinitas a conversas ou escritas...

Quanto ao amplificador.
Dependendo do projeto completo em si.
Dependendo do amplificador.
Sua maior impedância de trabalho tende a ter melhor sonoridade em comparação com a menor.
" Dependendo do amplificador"
 
#13
Quanto a associação de resistências (impedância).
O fato de os transdutores serem interligados em série ou paralela, "dependendo" da repetitividade dos parâmetros,
na confecção do mesmo, o timbre vai ser mudado, lógico, pois mudou os parâmetros, mudou tudo.
Como o Murilo disse, a sonoridade vai ser diferente
Sendo assim, a mudança da resistência interfere no som? agora fiquei na duvida de novo kkk

Quanto a distância (SPL).
Considerando ...
1 falante de 16 ohm
2 falantes de 8 ohm em série, resultando em 16 ohm
Considerando a mesma potencia aplicada em ambos...
Você tende a ter mais spl nos 2 de 8 ohm, porque você duplicou a área de cone, moveu mais massa, moveu mais ar...
Mas... com auto falantes são super complexos, estas suposições são infinitas a conversas ou escritas...
É por isso então que as caixas Line tem um alcance maior? Por ter mais falantes?

Quanto ao amplificador.
Dependendo do projeto completo em si.
Dependendo do amplificador.
Sua maior impedância de trabalho tende a ter melhor sonoridade em comparação com a menor.
" Dependendo do amplificador"
Essa eu entendo, minha duvida e as caixas mesmo, se muda, que tipo de mudança etc.