• This site uses cookies. By continuing to use this site, you are agreeing to our use of cookies. Learn More.

Alesis DM10 - Estréia com louvor

pTjz

Moderator
Moderador
#41
medrmf, cria um perfil e posta no <!-- w --><a class="postlink" href="http://www.soundcloud.com">www.soundcloud.com</a><!-- w -->
 

deneripr

Moderator
Moderador
#42
Ai um vídeo que gravei ano passado para o baterista da nossa igreja... o audio foi gravado no soundforge e mixado fora com a musica do Paulo Cesar posteriormente só pra ter referencia do que estava se tocando...

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=pbysrM1aoyk[/youtube]
 
#45
A PAZ

SIM, estamos fazendo campanhas por baterias eletrônicas, não é para um cabo de guerra entre operadores, plenária e baterista, de forma alguma, e sim para um melhor ordenamento do culto.
Outro fator que me chama muita atenção, estamos sempre nos atendo a modelos mais sofisticados, mas existe outros de valores inferiores, tipo ddrum1 que está em torno de 2k5, também acessível a uma boa parte das nossas igrejas.
Edson, hoje eu estou tentando priorizar a redução de pressão sonora em nossos templos, pois a uns dias passados um dos músicos até bem intencionado em melhorar o som da igreja, me comentou uma intenção dele levar ao pastor uma ideia que me deixou preocupado, ele como eu está interessado em retorno via fones, mas quer também caixas que de mais pressão no palco para eles sentirem os graves., por ai voce tira como é difícil .
Então na realidade o que eu estou tentando priorizar é retorno via fones, ficando apenas os backs pelos spots e bateria eletrônica, reduzindo sensivelmente a pressão no palco, tirando a lama que vem para a plenária, pois te digo sinceramente hoje eu acredito que se está acima dos 105 dB na igreja.
Agora isso eu estou convencido, sem um bom sistema de caixa acústica, é melhor nem tentar, pois será um tiro no pé. Será necessário um sub e umas caixas top tambem de boa qualidade. Portanto o tripé será, caixas acusticas/SUB + retorno via fones + bateria eletrônica, com isso tenho certeza se terá excelentes cultos e como a fé é pelo o ouvir e ouvir a palavra de DEUS, então nós se conseguirmos isso estaremos colaborando com o IDE do SENHOR.
 
#46
heriberto disse:
A PAZ

SIM, estamos fazendo campanhas por baterias eletrônicas, não é para um cabo de guerra entre operadores, plenária e baterista, de forma alguma, e sim para um melhor ordenamento do culto.
Outro fator que me chama muita atenção, estamos sempre nos atendo a modelos mais sofisticados, mas existe outros de valores inferiores, tipo ddrum1 que está em torno de 2k5, também acessível a uma boa parte das nossas igrejas.
Edson, hoje eu estou tentando priorizar a redução de pressão sonora em nossos templos, pois a uns dias passados um dos músicos até bem intencionado em melhorar o som da igreja, me comentou uma intenção dele levar ao pastor uma ideia que me deixou preocupado, ele como eu está interessado em retorno via fones, mas quer também caixas que de mais pressão no palco para eles sentirem os graves., por ai voce tira como é difícil .
Então na realidade o que eu estou tentando priorizar é retorno via fones, ficando apenas os backs pelos spots e bateria eletrônica, reduzindo sensivelmente a pressão no palco, tirando a lama que vem para a plenária, pois te digo sinceramente hoje eu acredito que se está acima dos 105 dB na igreja.
Agora isso eu estou convencido, sem um bom sistema de caixa acústica, é melhor nem tentar, pois será um tiro no pé. Será necessário um sub e umas caixas top tambem de boa qualidade. Portanto o tripé será, caixas acusticas/SUB + retorno via fones + bateria eletrônica, com isso tenho certeza se terá excelentes cultos e como a fé é pelo o ouvir e ouvir a palavra de DEUS, então nós se conseguirmos isso estaremos colaborando com o IDE do SENHOR.

heriberto, essa é minha intenção tbm.

por enquanto, ainda estou sonhando com isso, mas quando o consultor for contratado tenho
certeza de que vamos ter uma boa relação com o restante da igreja. ehehehe

Eu ainda não escutei os audios pois estou no trabalho.

a tarde escuto e falo o que achei.

ta faltando o David Fernandes (TD-12) e o Metal (staff drumm, é essa a que ele comprou?) trazer
também as suas gravações.

fiquem na paz
 
#47
Gostei bastante do som das baterias, mas a CAIXA em ambas para meu ouvido deixou a desejar. Acho que precisa um pouco de reverb no som delas. O som para mim está um pouco seco. Quanto aos tambores e pratos em ambas também o som está show, mas fiquei com uma leve queda pelo som da DM10. Gostei bastante do resultado.

O grande problema na minha opinião para rejeição de baterias eletrônicas é a qualidade dos equipamentos adquiridos tanto para o retorno e PA quanto a própria bateria. Vi um pastor em uma igreja da cidade comprar uma bateria eletrônica de R$ 1200 com um sistema digamos que MUITO RUIM e queria que os bateristas gostassem de tocar na mesma. Assim fica difícil mesmo, sem falar que a bateria acústica anterior era uma YAMAHA STAGE CUSTOM!! Já viram pq não deu certo não é mesmo!
 

pTjz

Moderator
Moderador
#48
Também não gostei do som de nenhuma das duas caixas...

Vou postar um MP3 antigo, gravamos em culto comemorativo na igreja mesmo foi no meado do ano passado isso.
O áudio foi gravado R/L (R = Instrumental e L = Vocal) com uma M-AUDIO Firewire, a mesa do PA era uma CSM , mandei o som para o R/L da M-AUDIO pelo SUB (SUB1 = Instrumental e SUB2 = Vocal), então a mixagem gravada era a mixagem do PA mesmo.

A caixa da batera esta com um som bem SECO, porque estava usando no dia uma caixa de 12x6” pois a de 14x5” tinha furado a resposta.
Tem também alguns erros do guitarrista, o delay ta atrasado pois o TAP da pedaleira antiga dele só dava pra usar com o dedo, então ele não abaixou para ajeitar kkkkkkkkkk!
<!-- m --><a class="postlink" href="http://soundcloud.com/eliabe/poderoso-deus-instrumental">http://soundcloud.com/eliabe/poderoso-deus-instrumental</a><!-- m -->
 

pTjz

Moderator
Moderador
#49
Soh pra esclarecer, quando falei da caixa SECA, falei sobre minha gravação.
E para também pra ser mais claro, apesar do tópico estar discutindo baterias eletrônicas, minha gravação foi feita com uma bateria acústica.

Quanto a sua gravação medrmf, a caixa parece sei la... Uma caixa de HIP-HOP, BEMMMM eletrônica mesmo, todo o resto pra mim estava legal, mais a caixa, pelo menos na gravação não ta legal não.
Ao vivo no seu PA pode ser que esteja legal e tal, mais nos meus fones e no meu SOM, deixou muito a deseja se comparado ao da ROLAND e ao resto da sua prórpia bateria.
 
#50
medrmf disse:
Agora uma grande diferença é que realmente na acústica você ouve o som junto com a acústica do local, e gravando uma bateria eletrônica você tem zero de influência da acústica, portanto um som realmente seco que a principio pode soar artificial na gravação, agora ouvindo ao vivo, retorna o fator influência acústica e soa mais natural.
Abraços
Ou não!!! Acredito que numa gravação a bateria eletrônica se sairá "sempre" bem. Já se a acústica do local for ruim, a bateria eletrônica pode ser um desastre e continuar boa na gravação.

Quanto a sua observação do AoVivo que não temos, com certeza você pode ter chegado a uma regulagem muito satisfatória com essa DM10 que me agradou muito na gravação
 

deneripr

Moderator
Moderador
#51
Quanto a questão do reverb, no módulo da TD-9 existe a opção de reverb com vários tipos, e que vc endereça cada peça como num auxiliar em uma mesa... mas como a acústica de nossa igreja é Terrivel, optei por não inserir reverb na caixa para não prejudicar ainda mais a inteligibilidade da peça...

Se inserir Reverb fica horrivel, lembra a bateria acústica que tinhamos antes...
 
#52
Encontrei um video no youtube bem legal da DM10 que pode simular a utilização dela nas nossas igrejas... é um video de uma JAM mas dá pra sentir que nesse caso o baterista colocou um pouco de reverb e deu uma qualidade mais legal na caixa!

<!-- m --><a class="postlink" href="http://www.youtube.com/watch?v=gQaJ7auL1Hw&feature=BFa&list=ULvkPo1ynBdP0">http://www.youtube.com/watch?v=gQaJ7auL ... kPo1ynBdP0</a><!-- m -->
 
#53
Bom, como o tópico se estendeu ao uso de bateria eletrônica nas igrejas, e como baterista, aqui vai minha contribuição:

http://www.youtube.com/watch?v=s-xkDEhJqu0&feature=relmfu

O vídeo foi gravado pelo celular, então considerem a falta de algumas frequências, :mrgreen:


A bateria usada é uma TD-3 da Roland, comprada há aproximadamente 6 anos.
Antes, era usada uma acústica da Mapex com pratos Sabian, mudamos por conta da acústica do ambiente e também para diminuir o nível sonoro.
Para nós, não foi tão dolorosa essa mudança, pois tanto eu como o outro baterista da época, sugerimos essa troca, aliás, a facilidade se deu também, por conta do envolvimento com o som e tínhamos consciência que mesmo tocando "educadamente", sempre o som era alto e também "embolado".
A aceitação da igreja foi imediata e até visitantes que tocam no grupo de louvor de suas igrejas ou simplesmente tem alguma curiosidade, me perguntam o funcionamento, entre outras coisas, com o intuito de que sua igreja possa adquirir uma.

Hoje em dia, existem vários modelos até melhores, gostei muito das citadas, a tendência é sempre surgir modelos mais próximos da realidade de uma boa bateria acústica. Acho válido possuir uma eletrônica, mesmo uma simples, mas que atenda as necessidades da comunidade.

Não precisa ser a TD-30KV da Roland. :twisted:

A briga é boa, Roland, Alesis, Yamaha, ...
 
#54
a caixa continua sendo o calcanhar de aquiles das baterias eletrônicas.

mas, tirando isso, o som ta perfeito, muito bom.

abração e parabéns pela aquisição
 
#55
A PAZ

E aí Heriberto. Deu para ter uma idéia do som da bateria.
O que escutei até agora achei bem interessante, pois mostrou muita coisa, exemplo dá para vermos o real.
A bateria acústica quanto na gravação está imbatível, adorei os pratos e como falei em quanto gravação pois ao vivo pode ser ótimo dependendo do ambiente.
As baterias eletrônicas nas gravações realmente perde um bocado pois exatamente fica faltando a acústica do ambiente e os vazamentos, na ultima gravação vi que a bateria eletrônica interage bem com o ambiente.
Realmente a caixa acredito que ainda falta mais um ajuste, mas o que senti falta foi do prato que tem um som quase como um de sino, na bateria acústica ele está lá, mas nas eletrônicas não ouvi.
Mas sinceramente, realmente a bateria eletrônica chegou para ficar, em ambientes fechados não terá para ninguem.
 

pTjz

Moderator
Moderador
#56
Mais um apareto legal, mistura eletronico com acústico...
<!-- m --><a class="postlink" href="http://www.bateraclube.com.br/loja/product_info.php?products_id=4753&PHPSESSID=d02d9e4ec50460a0baf64bf9ac3cfe07">http://www.bateraclube.com.br/loja/prod ... f9ac3cfe07</a><!-- m -->

 

pTjz

Moderator
Moderador
#57
Achei um vídeo na net, culto de despedida de um de nossos pastores.
Está com áudio do ambiente, captado pela câmera, então da pra ter uma noção boa do som da batera que a igreja ouve, com toda influência de acústica, etc...

<!-- m --><a class="postlink" href="http://youtu.be/U1BO0XWDl8Y?t=1m19s">http://youtu.be/U1BO0XWDl8Y?t=1m19s</a><!-- m -->
 
#59
Val Oliveira disse:
Compramos uma Yamaha DTX520, que está mais ou menos o mesmo preço da Alesis DM10, só que ainda não chegou...assim que chegar descrevo o que achei dela

Traga as impressões e também uma gravação para compararmos com as outras.

vlw
 
#60
edi3_m4x disse:
Val Oliveira disse:
Compramos uma Yamaha DTX520, que está mais ou menos o mesmo preço da Alesis DM10, só que ainda não chegou...assim que chegar descrevo o que achei dela

Traga as impressões e também uma gravação para compararmos com as outras.

vlw




Deve chegar entre hj e amanhã, então até o final de semana coloco algo sobre ela