• This site uses cookies. By continuing to use this site, you are agreeing to our use of cookies. Learn More.

Auxílio montagem de som para igreja

#1
Olá pessoal, é meu primeiro post aqui no fórum e gostaria da ajuda de vocês, a igreja vai abrir uma congregação em outra cidade e vamos montar o som a partir de equipamentos doados pelas outras igrejas que compõem o presbitério, sou leigo no assunto e ajudo na monitoração do som apenas (porque não tem outro rsrssr), vou procurar informar todos os dados baseado em outros posts que li aqui no fórum.


Dimensões do templo: 3mts pé direito x 14mts comprimento x 7 largura
Capacidade: 100 pessoas.
Os músicos ficarão no palco de 2,5mts x 7mts x 0,5mts de altura.


Instrumentos:
Violão / Teclado / Contra-baixo / guitarra / Bateria (não microfonada)

Equipamentos
01 mesa behringer xenyx X2442 usb
01 Equalizador 32 Bandas Behringer Ultragraph Fbq 3102
02 caixas staner upper 200f rms - (03 vias com divisor de frequência interno com 01 falante de 15” , 01 falante de 12”, ambos de fabricação staner e 01 twiter selenium ST300)
02 caixas – 01 falante de 15 e 01 corneta (não encontrei as especificações e marca pois foi pintada)
04 microfones com fio SKP PRO 30 (vocal)
01 microfone Sem Fio SKP UHF 271 (pastor)
01 Potência Oneal OP 7500 1300W
01 Potencia meteoro xlk 2000 biamplifier
01 cubo Guitarra Meteoro Nitrous Drive 15W RMS
01 multicabo 20vias com 20mts de comprimento


Passada as informações vocês poderiam me sugerir o que fazer para uma melhor configuração da montagem do som? O que podemos “descartar”? O que devemos comprar? alguns equipamentos (caixas , potencia meteoro, cubo) são bem antigos, mas em ótimo estado de conservação.


Desde Já muito obrigado.
Sandro.
 
#2
Bom dia @Sandro Barros

Seja bem vindo e Paz.

Esperamos poder ajudar vcs. Pra começar, seria apenas montar, alinhar e seguir o culto;
Dei uma olhada no que mandou e gostaria de saber umas coisas :

Qual a denominação do Irmão... Presbiteriano ??

02 caixas – 01 falante de 15 e 01 corneta (não encontrei as especificações e marca pois foi pintada)
estas caixas são convencionais ou tem formas que permitem usá-las deitadas como retorno ?? Perg isto pq as Staner vc só poderá usá-las para o Templo (P.A.) mais indicado !!

Bateria (não microfonada)
Acústica kkkk como sempre kkkk ; o baterista é educado ??? Pretende envolvê-la (prender o músico mais brabo da Igreja) kkkk ????

01 cubo Guitarra Meteoro Nitrous Drive 15W RMS
Há realmente a necessidade ???
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Vamos lá, como EU faria :

A) Montagem:
-Por não se tratar de um Templo muito grande, não haverá necessidade de ligação para sensação de estéreo no templo, sendo assim usaria o canal 1 do Fbq para o Oneal, faria um jamper entre os inputs 1 e 2 dele e sairia do 1 para a caixa Staner do templo esq e o 2 pra Staner do templo dir. Desta forma o canal de cima do Eq controlaria as freq do Templo (PA). Tirando do canal esq do Main Out da mesa 2442. Essas caixas eu as colocaria nas extremidades do Altar, com algo que eleve o centro delas à altura da face de quem está em pé (exemplo: em cima de uma mesa) inclinando elas levemente ao centro do fundo do templo.
-O canal 2 do Fbq para o amp Meteóro, jamper entre eles, e alimentaria as cxs de 15 para retorno, tirando do aux 1 da 2442 . Controle de volume individual nos retornos, de canais e volume total, mais equalização. colocaria ele abaixo das caixas do PA (embaixo da mesa) voltados para o centro do fundo do Altar.
-Poria a mesa no fundo da Igreja não muito nos cantos pra não receber reforço de graves ( de preferencia o canto com menos utilização do local).
-Não usaria nem a batera acústica (aconselho uma digitalzinha de mesa mesmo) e nem o cubo... mas... a batera será necessária, já para o cubo, adquira alguns Direct Box ( 6 ) e ligue geral em linha, controle máximo na mão do operador e mínimo na mão dos músicos; eles sempre mudam o volume, mesmo depois que dizem que ta ótimo (nunca vou entender esses caras) ! Manda tudo no retorno pra geral, com o tempo eles vão aprimorar o que ouvem e se acertar. EU NUNCA PERMITIRIA CUBO EM UM LUGAR TÃO PEQUENO - Já não uso nos grandes !!! Usando a Bateria acústica, tente ver se consegue - pelo menos - colocar cortina grossa no Altar para segurar um pouco o som dela... ou fecha-la com acrílico ou aquário (num aquário sem tratamento dois mics em over captam todas as peças e da pra rolar, depois aprimora).
-Alinharia o PA, depois o retorno e Glórias à Deus.

Assim eu faria.. devem surgir mais comentários... sucesso e Abç...

Deus abençoe a Obra !!
 
#3
Bom dia @Sandro Barros

Seja bem vindo e Paz.

Esperamos poder ajudar vcs. Pra começar, seria apenas montar, alinhar e seguir o culto;
Dei uma olhada no que mandou e gostaria de saber umas coisas :

Qual a denominação do Irmão... Presbiteriano ??


estas caixas são convencionais ou tem formas que permitem usá-las deitadas como retorno ?? Perg isto pq as Staner vc só poderá usá-las para o Templo (P.A.) mais indicado !!


Acústica kkkk como sempre kkkk ; o baterista é educado ??? Pretende envolvê-la (prender o músico mais brabo da Igreja) kkkk ????


Há realmente a necessidade ???
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Vamos lá, como EU faria :

A) Montagem:
-Por não se tratar de um Templo muito grande, não haverá necessidade de ligação para sensação de estéreo no templo, sendo assim usaria o canal 1 do Fbq para o Oneal, faria um jamper entre os inputs 1 e 2 dele e sairia do 1 para a caixa Staner do templo esq e o 2 pra Staner do templo dir. Desta forma o canal de cima do Eq controlaria as freq do Templo (PA). Tirando do canal esq do Main Out da mesa 2442. Essas caixas eu as colocaria nas extremidades do Altar, com algo que eleve o centro delas à altura da face de quem está em pé (exemplo: em cima de uma mesa) inclinando elas levemente ao centro do fundo do templo.
-O canal 2 do Fbq para o amp Meteóro, jamper entre eles, e alimentaria as cxs de 15 para retorno, tirando do aux 1 da 2442 . Controle de volume individual nos retornos, de canais e volume total, mais equalização. colocaria ele abaixo das caixas do PA (embaixo da mesa) voltados para o centro do fundo do Altar.
-Poria a mesa no fundo da Igreja não muito nos cantos pra não receber reforço de graves ( de preferencia o canto com menos utilização do local).
-Não usaria nem a batera acústica (aconselho uma digitalzinha de mesa mesmo) e nem o cubo... mas... a batera será necessária, já para o cubo, adquira alguns Direct Box ( 6 ) e ligue geral em linha, controle máximo na mão do operador e mínimo na mão dos músicos; eles sempre mudam o volume, mesmo depois que dizem que ta ótimo (nunca vou entender esses caras) ! Manda tudo no retorno pra geral, com o tempo eles vão aprimorar o que ouvem e se acertar. EU NUNCA PERMITIRIA CUBO EM UM LUGAR TÃO PEQUENO - Já não uso nos grandes !!! Usando a Bateria acústica, tente ver se consegue - pelo menos - colocar cortina grossa no Altar para segurar um pouco o som dela... ou fecha-la com acrílico ou aquário (num aquário sem tratamento dois mics em over captam todas as peças e da pra rolar, depois aprimora).
-Alinharia o PA, depois o retorno e Glórias à Deus.

Assim eu faria.. devem surgir mais comentários... sucesso e Abç...

Deus abençoe a Obra !!
 
#5
Graça e Paz Elieser, agradecido pelo retorno, vamos lá.

Qual a denominação do Irmão... Presbiteriano ??
Sim, sou presbiteriano.

estas caixas são convencionais ou tem formas que permitem usá-las deitadas como retorno ?? Perg isto pq as Staner vc só poderá usá-las para o Templo (P.A.) mais indicado !!
As 02 caixas que eu informei não ter as especificações da para usá-las deitadas, elas tem formato de caixas de retorno.

Acústica kkkk como sempre kkkk ; o baterista é educado ??? Pretende envolvê-la (prender o músico mais brabo da Igreja) kkkk ????
Não sei se conseguiremos isolar a bateria neste início, deram a ideia de colocar um vidro com espuma até a altura dos pratos e uma cortina (pesada) atrás da bateria conforme sugerido por você.

Há realmente a necessidade ???
O guitarrista me disse que tem ideia de microfonar e utilizar o cubo como retorno, sou meio leigo nesta parte, portanto não sei opinar se é o correto, diz ele que deixaria baixo, mas como você mesmo disse, vai ser difícil acreditar que ele não vai aumentar né?

Abraço, Deus abençoe.
 
#6
Amém..

Sou nascido e criado na Presbiteriana e hj congrego na Quadrangular... ENTÃO VC JÁ SABE, SOM PRA MIM TEM QUE TER QUALIDADE E NÃO PODE SER BARULHENTO !!!

As caixas... use como retorno mesmo.

deram a ideia de colocar um vidro com espuma até a altura dos pratos
Não aconselho vidro por causa da possibilidade de acidentes, embora na nossa Sede não tivemos escolha, colocamos Blindex sob medida e ninguem ainda quebrou ! A cortina é uma excelente saída nesse primeiro momento... vai de boa e cuidado com esse vidro;

diz ele que deixaria baixo
kkkkkk palavras o vento leva, registra isso em cartório tipo contrato pra exigir cumprimento depois... Blz, não acredita, já devo ter instalado e monitorado uns 5 eventos e se não 30, quase isso de Igrejas e depois que vc passa o som e pergunta se ta legal, o cara aumenta... e se tiver um cubo na frente dele piora, ele aumenta a pedaleira e o cubo... SÃO TERRÍVEIS.. vc tem de exigir passar o som com 75 a 90% do ganho dele, com vc baixo dando retorno pra ele e depois o camarada aumenta... vai entender.. aconselho NÃO DEIXAR seja chato e perfeccionista como todo bom Corista Presbiteriano... ache o equilíbrio, mas não deixe na mão deles, que fique na sua pois os anciãos vão reclamar muito do barulho da guitarra !!!

De mais, confira os cabos e os eqps e vamos Adorar ao Senhor.

Deus Abençoe
 

Ronaldo1

Well-Known Member
#7
@Sandro Barros, @Elieserfilho, já experimentaram ligar a guitarra na mesa, e retornar ao cubo por uma via auxiliar? Por mais que o guitarrista aumente o volume do cubo, o operador teria o controle do volume.
Na minha igreja tem cubo pro baixo, pra guitarra, e dois guitarristas ainda levam os deles. Tenho de brigar pra eles AUMENTAREM o volume kkkkkkkkkkk. Os bateristas são educados! Sou abençoado. Mas quando vem gente de fora é um terror.
 
#8
Vc realmente é muito sortudo @Ronaldo1

Aki na minha Igreja, antes de eu tampar a bateria, o baterista quase quebrava a baqueta e rasgava a pele de tanta força, depois de fechada, pankei volume no ouvido dele, daí parou, mas era briga todo culto ! No Altar da minha Igreja não há cubos... tudo in ear !!! Já fiz em outra Igreja, mas o sinal ficou muito embolado por causa da distorção do cubo !!! Daí passei tudo pra fone... depois que se acostumam, não querem outra vida !
 
#11
uma boa tarde na paz do senhor Jesus.
irmão Sandro, eu faria assim: a mesa beringher no inicio da igreja ligada no multicabo com a saída de stereo ligada na potencia oneal e as caixas staner, isto para o pPA.
para retorno: usaria a outra potencia ligada no "aux send" 1 e 2 com as caixas "desconhecidas", com o equalizador á saida da mesa.(mesa-equalizador-potencia-caixas).
as potencias tem de ter cuidado com os "volumes", porque sao mais potentes que as caixas, eu usava a metade ou menos.
nos retornos uma caixa para as vozes- aux1 (no equalizador cortava tudo abaixo dos 100hz e acima dos 10khz), e outra para os instrumentos -aux2 (no equalizador baiava todos os graves. é bom os graves do palco serem o menos possível para não embolar com o som de PA, mais ainda que a sala é pequena)
quanto menor for o som de retorno melhor será o som da sala.
a única dificuldade é a bateria acústica, como já foi dito antes.
se poder usar DI nos instrumentos seria óptimo.