• This site uses cookies. By continuing to use this site, you are agreeing to our use of cookies. Learn More.

CALADIM

#1
Vou contar uma história, compartilhada por um irmão em Cristo bastante querido de uma apresentação que ele e outros irmãos assistiram.

Tem um músico crente da região de Campinas que é bastante exigente com Som. Fato que ele é profissional e, para alguns, ele toca bem.

Bom, este homem esteve em uma igreja humilde para se apresentar. Com um som bem ruim.

Ele começou a tocar e pediu que o operador fizesse alguns ajustes... continuou a tocar e no meio da música ele parou se exaltou com as mãos e disse assim:

"O meu, não dá pra melhorar não? Isso aqui tá muito ruim".

O pastor levantou, tomou o microfone da mão dele e disse (vou resumir):

Queridos irmãos, eu peço desculpas por terem vindo hoje e não estar tudo conforme deveria. Então, eu peço desculpas ao irmão que veio aqui e não estávamos preparados. Nós vamos arrumar o som e vamos convidar o irmão a voltar outro dia.

Daí o músico parou e falou: Não Não Pastor, me desculpe, eu me expressei mal. Não foi bem isso que eu queria dizer etc. hahahahahahahah tocou o resto das músicas bem piano... como diz o mineiro: CALADIM.

Moral da história: As vezes é melhor ficar quieto.
 
#2
A PAZ


Embora que muitas vezes se torna hilariante, mas, em nosso meio tem muito musico ou cantor que diz como a gíria do menino "SE ACHAM", pois se é profissional a primeira coisa que tem que verificar é se o ambiente tem estrutura se não, ficar caladim e operar o que foi contratado.
Mas nós cristãos temos ainda uma pauta a mais, temos que saber que vamos levar o nosso louvor ao SENHOR independe se vai ser em praça com um equipamento ciclolixo ou em uma igreja com estrutura de climatização, mesas digitais, line FZ, ou RCF ou etc....em suma somos cristãos que o dom dado por um DEUS supremo, que tem os ouvidos mais absolutos que qualquer mortal, que tem orquestras celestiais ao seu dispor e no entanto o que ele quer ouvir é o nosso louvor de dentro dos nossos corações.
 

D som

Active Member
#3
Existia um cantor evangélico no Recife que se chamava Afonso Augusto. Em vida (faz muitos anos que faleceu num acidente) ele gravou muitos discos e vendia feito água mineral. Cantava em grandes igrejas, mas nunca deixou de cantar nas pequenas e em som ruins. Lembro-me que quando ainda adolescente eu era, ele vinha cantar na minha cidade e o som daqui era na época um amplificador "Delta" e um microfone antigo da le-son (um que parecia um pistão de motor de carro)e duas caixas com falantes novik + piezo le-son , mas nunca reclamou de nada! Quando o som não prestava ele só fazia sorrir e louvar e o povo ficava satisfeito e Deus se fazia presente em suas músicas.

Acho que falta esse espírito de humildade em muita gente. Sei que a maioria dos líderes das igrejas não se preocupam com som e fazem pouco caso quando alguns como nós tentamos ajudar. mas isso não é motivo de deixarmos de louvar a Deus enquanto podemos faze-lo.
 
#4
Fala Pessoal, a paz, olha eu acho um absurdo alguns cantores acham que são o dono do mundo, cobram valores absurdos, para irem até a igreja e o mais interessante é que "vão louvar a Deus" com um dom que Deus o deu, e ainda cobram e cobram muuuuuuito por isso, e ai chegam na igreja querendo ser tratado como pop star, temos que parar com isso ao invés de pagarmos R$ 5,000,00 para um cantor, porquê não investimos em missionários que estão no campo missionário morrendo de fome, para pregar o evangelho, vamos parar e pensar, EXISTEM ALMAS MORRENDO SEM DEUS.
 
#5
O duro que muitos "Crentes" sao movidos a isso se nao tiver um movimento de um cantor desse na igreja nem aparecem.

Sao poucos os cantores famosos que vem em igrejas sem cobrar e nao exigem audio de qualidade.
 
#6
....isso não é nada, se eu contar pra vcs o que o Cris D..... fez com um operador amigo e irmão em Cristo, em pleno culto em uma congregação aqui na cidade, vcs irão infartar.!!
 
#9
kakakakakaka...

Conta aí rapaz!

Realmente eu acho fora do normal. Esses dias uns irmãos daqui da cidade contataram o empresário de um rapaz que está bastante na moda e acabou de lançar um DVD. Ele pediu 35.000 de cachê. Me Desculpem. Não justifica esse valor. É ALTO DEMAIS. O pior que tem gente que acha isso certo!? Me perdoem. Isso não é servir a Deus. Concordo com o irmão danielp: investir em missionários. Isso sim vale a pena. E os caras passam fome! Enquanto uns desfrutam de uma vida luxuosa a custas de quem não tem quase o que comer.

Deus abençoe vocês.
 
#10
É complicado esse tipo de situação, esses musicos nem param pra pensar que estamos
tratando de uma igreja, penso que a igreja tem que ter o melhor, mais sabemos que
a grande maioria das igrejas tem orçamento limitado, olha nesse link abaixo o que
eu presencie!

<!-- l --><a class="postlink-local" href="http://www.somaovivo.mus.br/forum/viewtopic.php?t=9451">viewtopic.php?t=9451</a><!-- l -->
 
#11
Leandro!

Que absurdo! Zombaram do que o Senhor providenciou. Isso é ridículo.
Esse cara que foi lá se apresentar, foi para APRESENTAR. É um artista. Não pode ser chamado de servo de Jesus e ponto final.
Não estou julgando, estou AFIRMANDO. É fato. O povo de Deus precisa parar de ser é TROUXA desses caras que movimentam um mercado milionário, TOSQUEANDO as ovelhas... até arrancar o COURO.

Bom Leandro, mas Glória a Deus que o pastor não se curvou a uma atitude besta dessas.

A questão ali não é SOM, é VIDA. É ser servo ou artista.
 
#12
Consideremos o que diz a palavra de D-s:

E disse-lhes: Ide por todo o mundo e pregai o evangelho a toda criatura. Marcos 16:15
E será pregado este evangelho do reino por todo o mundo, para testemunho a todas as nações. Então, virá o fim. Mateus 24:14

Cristo está voltando, mas para que isso ocorra logo nós precisamos cumprir com a nossa parte, como está escrito Ele virá quando o evangelho for pregado, e isso é responsabilidade nossa.

Todos nós defendemos aqui o profissionalismo dentro do trabalho de D-s, até porque as pessoas que fazem as coisas pro inimigo de nossas almas fazem com responsabilidade e cuidado, imagine quanto mais nós que servimos ao D-s altíssimo o quanto devemos nos esforçar para apresentar uma oferta digna a D-s. Mas ter em mente que independente das circunstâncias nós somos o primeiro sacrifício que deve ser apresentado no altar, e fazer todo o esforço necessário para que este evangelho seja pregado.

Vamos lembrar, o Evangelho do Reino deve ser divulgado e não o Pregador X e nem o Ministério Y.