• This site uses cookies. By continuing to use this site, you are agreeing to our use of cookies. Learn More.

Console Ciclotron VEGA - Parte 2

bersan

Administrator
Moderador
#1
Tópico para a discussão do seguinte Teste de Equipamento publicado no Som ao Vivo:

Console Ciclotron VEGA - Parte 2
http://www.somaovivo.mus.br/testes.php?id=15

Aqui está um pequeno trecho do teste:
"<p>O grande ponto forte da VEGA é a quantidade de recursos, que não fica nada a dever às importadas de mesmo porte. A Ciclotron caprichou nesse console. Caprichou também nos componentes internos: os faders são macios e nenhum deles "arranha", mesmo após vários anos de uso. Alie-se a isto garantia nacional e manutenção f&aacut..."

Comentários são bem-vindos.

Atenciosamente,
Equipe Som ao Vivo
http://www.somaovivo.mus.br
 
#2
Olá Bersan e pessoal.

Já tive oportunidade diversas vezes de trabalhar com mesas das séries Vega e CMC. Não gosto de nenhuma das duas... se tiver que utilizá-las, vou fazê-lo, mas se puder escolher, com certeza escolho outros fabricantes.

No congresso de música da igreja, que realizamos em Novembro passado, nós alugamos uma mesa CMC-32 alguma coisa... vazava sinal por tudo quanto é lado... vazava nos masters, nos auxiliares, no control room... isso sem falar do timbre, que destaca demais os médios. Eu não gosto muito de potenciômetros logarítmicos para os controles de EQ pelas razões explicadas no artigo. A propósito, Bersan... não há nada sobre isso nos manuais. Vc recebeu esta informação direto da Ciclotron?

Realmente a mesa oferece muitos recursos, mas, na minha opinião, com baixa qualidade.

[]'s
 

bersan

Administrator
Moderador
#3
A informação vem deles mesmo. Retirado de:

<!-- m --><a class="postlink" href="http://paginas.terra.com.br/educacao/audiolist/faq/faq_equip_sinal.html">http://paginas.terra.com.br/educacao/au ... sinal.html</a><!-- m -->

De: "Ciclotron / Consultoria" <ciclotronmarkt§ciclotron.com.br>
11/08/03 13:20

(...)

- Mas vamos ao setor de GANHO a grande maioria dos áudio mixers do mercado tem um ganho de 50 db o Sr. já mediu algum dos nossos modelos, pois do menor até o maior modelo mantém este padrão de ganho pois vem dos antigos e grandes fabricantes Europeus e Norte Americanos que introduziram este padrão no mercado pois atendem a todos instrumentos e microfones conectados ao mesmo e nós respeitamos e mantemos. Existem diversos tipos de circuito de ganho mas todos os nossos tem estes valores diferenciado apenas no tipo que difere talvez no timbre mas nunca em ganho. O que eu quero dizer que se ligarmos um sinal de -10 db .

- Quanto a equalização também é o mesmo caso, mas não podemos esquecer que a atuação dos controles tem a ver com o tipo do potenciômetro já que os grandes fabricantes utilizam do tipo LOG nós também o fazemos e com isto tem uma atuação suave no inicio e fica agressivo em seguida, será esta é a impressão que o Sr. tem ? (Grandes fabricantes bem dito).

- Quanto a ferrugem, não procede muito a não ser que tenha acontecido algum tipo de dano (ralado) no gabinete (de uma determinado unidade) e neste ponto inicia o ataque de maresia pois tudo o que é de aço em nossos produtos recebem tratamento (fosfatização) e depois pintura eletrostática, e foi feito teste em todas as partes do pais com parceiros de algumas locadoras para podermos avaliar o resultado do tratamento, e demais partes são bicromatizadas.

- Quanto ao preço todos os fabricantes importados não fazem seus produtos pôr inteiro, deixe-me explicar é tudo terceirizado e com isto os encargos sociais impostos etc. de cada empresa que faz cada parte do produto (placas, fontes,gabinetes etc.) é repassado para o produto e depois leva a assinatura e depois vem os encargos para importação e ainda a margem de lucro do importador e do lojista que é o elo final com o consumidor daí já dá para notar o quanto nós pagamos de impostos e não de mercadoria nos importados, já a Ciclotron é totalmente vertical, onde fabricamos tudo só o que vai silício que não, conseguindo o excelente preço e competitividade.

- Quanto ao circuito de equalização temos 8 modelos de circuitos de equalização precisamos saber qual o Sr. ouviu, e comentaremos sobre e digo mais com qual fabricante é o nosso concorrente dai então começaremos a comparar.

- Gostaria de aproveitar este e-mail para poder convidar todos os que tiverem interesse no produto em visitar a nossa industria.

Espero ter atendido a suas perguntas,

Gilberto Monteiro
R&D
Eu não sei de onde eles acham que outros fabricantes usam Pot´s LOG. Behringer, Mackie, Alto e Soundcraft (das que eu já usei) usam Pot´s lineares. Inclusive, na Mackie e na Soundcraft, mexer um pouquinho só no Pot já faz uma enorme diferença no som.

Mas aproveitando o texto, esqueci de elogiar uma coisa nos produtos Ciclotron, inclusive a VEGA. A pintura é ótima, realmente dura muito e é bem adequada ao clima. Em geral a pintura as mesas importadas não aguenta muito nossa grande umidade, mas a da Ciclotron aguenta. Se alguém quiser comprar mesa pela pintura, Ciclotron é a marca!

Eu esqueci de colocar uma coisa no artigo que acontece lá no Anfiteatro. Na VEGA, se o sinal for muito alto, beirando a luz amarela ou até vermelha no VU Bargraph do canal, o sinal vaza para as saídas (tanto Subs quanto Monos ou L/R) mesmo com o canal MUTADO e com volume todo abaixado. Pouco, mas vaza. O encanamento deve estar furado!

Fora os "pequenos detalhes", é legal de trabalhar. Tem bastante recursos.
 
#4
Tralho com Uma Vega 2 MF 48 e Uma CMC 38.8

Já reparei esse vazamento na CMC de 32 e o sinal nem precisa estar tão forte. Mas na Vega 2 não consegui achar esse tipo de problema. Talvés foi corrigido.
 
G

Guest

Guest
#5
é uma droga a CMC 32

A CMC 32 é uma droga! Tem vazamento em tudo, até nos phatos tem vazamento de um canal pro outro.
e sem falar no parametro.