• This site uses cookies. By continuing to use this site, you are agreeing to our use of cookies. Learn More.

Diferença no som com phantom ligado

#1
Olá a todos,

Tive uma experiência ruim com o phantom power esses dias.

O grupo de louvor foi fazer um um dueto, um microfone pra cada: Leson SM58 e um NOVIK Neo FNK-40 XLR (com fio).

No ensaio, sem phantom ligado, equalizei os mics e ficou um som até aceitável (considerando que nosso som do PA não é lá essas coisas - DBK 720 + 4 caixas Work na mesma saída do ampl).

Na hora do culto, com phantom ligado por causa dos mics C2, quando o solista foi cantar que eu abri o mic... :shock: fantasma ... o som do mic NOVIK nas PAs ficou que nem um rádio de pilha, sem presença nenhuma.

Só fui saber que foi o phantom pq no dia seguinte eu liguei na mesa só o mic NOVIK com e sem phantom e deu diferença no som.

Nossa mesa é uma Behringer 2222FX ligada em um estabilizador 220v -> 110v.

Alguma sugestão? É a mesa? É o microfone? Fantasma (brincadeira)?
 
#2
bom

eu imagino q deva estar com algum problema no cabo ou até mesmo no proprio microfone pois se já tinha 2 mic ligados nao era pra acontecer isso.
mais isso acontece por problemas nos cabos , as vezes por falta de aterramento ou veiera mesmo. mais de uma conferida no cabo ve se esta ve se esta tudo correto com ele as polaridades etc...; o ideal seria de vc tivesse phanton power por canal ai evitaria esse tipo de problema outra coisa seria um Di ativo q vc colocaria em cada microfone sem precisar usar o phanton da mesa. abs!
 

bersan

Administrator
Moderador
#3
Kset,

tem uns dois anos que uso Phantom Power direto, e nunca tive um problema sequer com microfones que não usam Phantom. Com ou sem Phantom ligado, sempre o mesmo som, inclusive em mics sem fio.

A minha sugestão é: ou problema no cabo ou o microfone está ruim.

Um abraço,

Fernando
 
#4
Olá Fernando.

Não pensei em problemas no cabo, pois o mic foi comprado, junto com o cabo XLR, há 1 mês apenas em uma das melhores lojas daqui. De qualquer forma vale a pena dar uma conferida, nunca se sabe. Eu realmente não sei da qualidade desse mic, foi o guitarrista que comprou pra microfonar seu cubo.

O giorgio falou sobre aterramento. Bem, infelizmente nosso equipamento realmente não está aterrado. Já até comprei as tomadas com terra, mas ainda estou pensando onde vou ter de quebrar pra colocar a barra do terra. Será que pode ser problema de aterramento?

A seqüência de ligação poderia ser problema?

A seqüência foi:
1 - Com a mesa já ligada plugei o mic NOVIK.
2 - Pluguei os mics C2 também com a mesa ligada.
3 - Liguei o phantom.


Obrigado pela atenção.

Abraço.



bersan disse:
Kset,

tem uns dois anos que uso Phantom Power direto, e nunca tive um problema sequer com microfones que não usam Phantom. Com ou sem Phantom ligado, sempre o mesmo som, inclusive em mics sem fio.

A minha sugestão é: ou problema no cabo ou o microfone está ruim.

Um abraço,

Fernando
 
#6
Olá edlopessilva.

É um cabo XLR-XLR. Se fosse XLR-P10 não seria afetado pelo phantom, pois os 48v do phantom só vão para os XLRs dos canais da mesa, os P10 não recebem essa voltagem.

Abraço.

edlopessilva disse:
Normalmente os cabos que já acompanham os microfones são XLR-P10.
O seu cabo é XLR-XLR ou XLR-P10?
 
#8
Olá KSet(que nick esquisito heim?!?), por incrível que pareça eu já comprei cabos XLR-XLR que eram desbalanceados, verifique seu cabo e veja se é balanceado.
Abraços!
 

Deiny

Active Member
#11
Re: bom

giorgio henrique de assis disse:
o ideal seria de vc tivesse phanton power por canal ai evitaria esse tipo de problema outra coisa seria um Di ativo q vc colocaria em cada microfone sem precisar usar o phanton da mesa. abs!
Se a mesa tivesse chaveamento individual por canal, ou por grupos de canais, com certeza seria melhor... mas usar phantom externo individual, eu não vejo vantagem, uuma vez que vc teria q usar ou baterias ou fontes pra ligar isso... e eh mais fiozarada, mais complicação, maior probabilidade de dar um problema, e o pior... justamente na hora q vc mais precisa!

E outra, DI nao funciona como phantom externo... os DI's ATIVOS são consumidores, e não fornecedores de phantom power. Eles RECEBEM o phantom da mesa ou da bateria 9v, pra funcionamento do circuito interno do DI, mas essa energia não 'passa' para o canal de entrada.
 

bersan

Administrator
Moderador
#12
Deiny,

o uso de fontes alimentadoras externas de Phantom Power tem um problema grande: são muito caras, muito caras mesmo. 200,00 por uma fonte para 2 mics é um preço absurdo, na minha opinão.

Mas, uma vez usadas, suprimem o Phantom da mesa, permitindo inclusive o uso de DI´s ativas, se necessário.

MESA => FONTE PP EXTERNA = > MIC CONDENSER

ou

MESA => FONTE PP EXTERNA => DI ATIVA => INSTRUMENTO

Kset,

A seqüência de ligação poderia ser problema?

A seqüência foi:
1 - Com a mesa já ligada plugei o mic NOVIK.
2 - Pluguei os mics C2 também com a mesa ligada.
3 - Liguei o phantom.
O macete do Phantom Power é você primeiro conectar tudo e só depois ligar o PP, e primeiro desligar o PP, esperar 1 minuto (para os capacitores descarregarem) e só depois desconectar tudo. Parece que você fez certo na hora de ligar.

Por último, só para lembrar. O nome é Phantom porque essa energia é transparente. Com ela ou sem ela, a sonoridade não muda. Por isso que desconfio ou do cabo ou do mic. Um mal-contato e pronto, problema.

Um abraço,

Fernando
 

gope

Active Member
#13
Desculpe gente, num tem nada a ver mas eu to rindo até agora!!!!

Calebe disse:
Olá KSet(que nick esquisito heim?!?)
:lol:

Em outros sites e aqui tbm, para evitar esse tipo de coisa, as pessoas geralmentte colocam o nome na assinatura ou no final do post.. pra ficar mais fácil de identificação...

Abçs!
 
#14
Acho que meu nick deve estar bem estranho mesmo... :lol: ... tem jeito de mudar???

Seguinte...

Parece que o problema é o microfone mesmo. Os testes que fiz foram:

- Verificação do cabo que veio junto com o mic. Fiz o teste com o multimetro e tudo estava ok (pino 1 com 1, 2 com 2, 3 com 3), com resistência perto de 0 ohms e nenhuma passagem de corrente entre os pinos (nenhum curto).
- Peguei outro cabo XLR-XLR (também novo - conector e cabo Santo Angelo), que funciona perfeitamente com os mics C2. Testei o mic NOVIK com esse cabo + phantom = som de rádio de pilha.
- Com o cabo dos mics C2, liguei o outro mic que temos (Leson SM58) + phantom = som OK, sem nenhuma alteração.

Todos os testes foram feitos com o mic sendo o único equipamento ligado na mesa.

Se a diferença no som do NOVIK + phantom fosse pequena, até não me importaria, mas a diferença chega a ser phantombrosa (assombrosa) :shock:

Vou mandar um e-mail pro fabricante para saber se foi um erro de projeto, ou alguma (absurda) possibilidade do mic não ser compatível com phantom, ou ainda se esqueceram de fazer os devidos testes.

Também vou na loja testar, junto com o vendedor, um outro exemplar desse microfone.

Alguma outra idéia???

Abraço,
Klause
 
#15
Olá Klause,

Creio que você fez tudo que podia para verificar todos os elementos envolvidos, agora é ir na loja como você mesmo falou, só para ter mais um respaldo e entrar em contato com a fábrica mesmo.

Sucesso!
 

bersan

Administrator
Moderador
#17
Kset,

se você está acostumado, pode ficar com seu nick mesmo. Aqui as pessoas podem usar o que se sentirem mais confortáveis (sem exageros, tipo pornografia ou palavrões, claro).

As pessoas costumam usar um nick para tudo. Hotmail, e-mail, conta no Fotolog, Blog, etc. Tirar isso significa criar confusão.

Eu mesmo uso meu nick (meu sobrenome, pouco comum no Brasil, origem italiana) para quase tudo.

Um abração.

Fernando
 
#18
tive o mesmo problema que o companheiro, comprei o c-2 , e nas mesmas circunstâncias , na hora testando sem o phantom ligado tranquilo som normal, quando liguei o phantom e coloquei o c-2 , os outros microfones, instrumentos ,perderam qualidade, ficaram sem peso, meio que rocos .

Mesa Behringer Xenyx 2442 FX
Equalizador FBQ6200 ULTRAGRAPH-PRO
2 Caixas Selenium SPM1202A

Ps: também está sem aterramento , ja que não confio no que tem lá .
 
#19
Não me cadastrei no SAV antes pois nunca precisei, mas tive que fazer só para responder este tópico. Comprei recentemente um microfone Novik Neo FNK-840. Comprei a princípio porque achei bonito. O microfone tem um bom acabamento, uma cápsula supostamente alemã (o que eu duvido muito), o timbre não é ruim, eu diria decente, um pouco inferior ao meu Samson Q7 e tem um leve boost nas frequências médias.
Acontece que o microfone me dá choque. E forte, de doer. E também cheira pisca-pisca de natal queimado. Mas isso somente com o phantom ligado, com o PP desligado o microfone só chia, só. A não ser que eu desencoste a mão dele, aí o ruído para. Desmontei ele e o que eu vi foi uma das coisas mais antiprofissionais que uma empresa pode fazer em um microfone. o pino 3 do conector XLR esta aterrado ao pino 1 junto com a carcaça. O MICROFONE NÃO É BALANCEADO. Isso é simplesmente péssimo e acredito que todos os microfones da Novik sigam essa mesma forma de produção. Então acredito mesmo que o problema do amigo (em 2008) seja o diafragma da cápsula se deslocando para frente por causa da tensão proveniente do phantom.
Vou comprar um conector novo, soldar fios mais grossos e ligar de forma balanceada e ver no que dá.

Obrigado.
Camilo.
 
#20
choque de 48v, mic desbalanceado, provavelmente capsula de alta impendancia, sem transformador interno pra isolar o componente DC do audio, não recomendado para uso profissional, muito menos numa mesa com Phantom.