• This site uses cookies. By continuing to use this site, you are agreeing to our use of cookies. Learn More.

Estéreo em som ao vivo!

Metal

Active Member
#21
Cavalcante, já que ele se diz profissional, você pode mostrar para ele o que diz um profissional respeitado na área <!-- m --><a class="postlink" href="http://www.audioreporter.com.br/noticias/videochat-ao-vivo-com-kalunga-terca-2404-as-2130/">http://www.audioreporter.com.br/noticia ... 4-as-2130/</a><!-- m --> aos 27:52 minutos o Técnico da Ivete fala sobre isso. Assim você mostra pra ele que embora não seja uma "profissional" trabalha igual a eles.

Agora se nem assim resolver, a ideia do Ingo é muito boa, já que você tem uma caixa de cada lado, pode ser que ele acredite nisso.
 
#22
Obrigada mais uma vez!

O Ingo entendeu minha situação e um pessoal com mais experiência na área esteve na minha igreja e explicou tudo o que eu já tinha dito pro tal profissional... ainda assim ficou teimando!

Vou seguir as dicas de vcs e mais tarde vou assistir ao vídeo Metal.

Abraços,
 
#24
David eu entendi que vc não estava brincando :p

A minha explicação pro camarada tb tinha o argumento que o Kalunga falou no vídeo. E como disse mais acima vou usar essa técnica do agudo se o problema persistir! hehe
 
#26
Tiago... realmente é difícil. Sei que mudar as coisas é demorado e haja paciência e boa vontade, né?

O que mais me entristece é o fato de algumas pessoas que estudaram música não conseguem entender áudio! Sei que nem todos artistas ou o pessoal que toca na igreja estudou muito, mas quando a pessoa estudou e tem a mente tão fechada que acha que só ela está certa quando todas as outras pessoas defendem o mesmo argumento é muito complicado.

As vezes as pessoas mais simples confiam em vc (operador de áudio) e se não sabem perguntam, mas as "entendidas" sempre são um problema quando deveriam trabalhar pra somar.
 

Metal

Active Member
#27
*********** disse:
... assim como já tive diversas vezes deixar um som super agudo e com muito efeito para que o dito ISTÉRIO chegue no monito... .
Agora me caiu a ficha, na verdade eles estão querendo o efeito da sibilância, mas como não sabem o nome dizem istério kkkkkk. Podem notar que alguns cantores quando chegam na frente do mic fazem alô ssssssssssssom sssssssssssssom.
 
#28
Pétala.

Se vc quiser, posso ir até a sua igreja prá ter uma conversinha de pé de ouvido com o seu músico preferido... :twisted:

A minha ministra de música diz o seguinte sobre mim: "Ah... o David? Ele é o meu Malvado Favorito"... :mrgreen:

Viu como sou bonzinho? Se quiser, é só pedir... :wink:

[]'s
 
#29
David! Vc lê pensamentos? :mrgreen:

Eu to mesmo com a ideia fixa de te chamar aqui!
Mas calma! To esperando fazerem o cabeamento novo, o rack e a mudança de local da mesa ae vou te chamar sim, pq se vc vier antes vou morrer de vergonha :oops:

heheh

Obrigada David :wink:
 
#30
Cavalcante disse:
O que mais me entristece é o fato de algumas pessoas que estudaram música não conseguem entender áudio! Sei que nem todos artistas ou o pessoal que toca na igreja estudou muito, mas quando a pessoa estudou e tem a mente tão fechada que acha que só ela está certa quando todas as outras pessoas defendem o mesmo argumento é muito complicado.

As vezes as pessoas mais simples confiam em vc (operador de áudio) e se não sabem perguntam, mas as "entendidas" sempre são um problema quando deveriam trabalhar pra somar.
Sei bem como é isso, sou musico, mas além de músico sou técnico em eletrônica e estou estudando bastante sobre audio, pois agora estou trabalhando profissionalmente com isto e preciso estar sempre atualizado. Como músico ja toquei com uma banda com excelentes musicos, mas não entendiam nada sobre audio, porém sabiam disto, e sempre deixam a passagem de som e o contato com o técnico de monitor e p.a dos eventos por minha conta, desta maneira nunca tivemos problemas. Já como técnico de som, a pouco tempo desisti de um trabalho com uma banda que me contratou como técnico em duas ocasiões, pelo fato de não nos entendermos nesse ponto e o pessoal ficar me criticando para todas as pessoas do meio, como trabalho com isso não posso deixar que mechem meu nome. Neste caso são musicos que não entendem nada de áudio, mas como começaram a fazer um pouco de sucesso estão achando que são estrelas e que sabem tudo, simplesmente não concordam com nada que o técnico de som fale ou faça, mas não conseguem nem definir se o som que estão ouvindo esta de acordo com o que gostam, ou como é o som bom para eles. Não é facil lidar com estes "entendidos", mas com muita paciencia você consegue, mas se não conseguir não se preocupe, pois tem pessoas que mesmo sabendo que estão erradas nunca darão o braço a torcer.
 
#31
Cavalcante disse:
David! Vc lê pensamentos? :mrgreen:

Eu to mesmo com a ideia fixa de te chamar aqui!
Mas calma! To esperando fazerem o cabeamento novo, o rack e a mudança de local da mesa ae vou te chamar sim, pq se vc vier antes vou morrer de vergonha :oops:

heheh

Obrigada David :wink:
Ah... qual é, Pétala... eu já frequentei igrejas muito simples e elas são as que gosto mais. O povo é mais sincero... :D

Mas chame qd quiser. Será um prazer te ajudar. De qq forma, devo aparecer por aí junto com o pessoal da Sonora... :mrgreen:

[]'s
 
#33
Nunca curti muito esse lance de batera dividida num pan estéreo. Primeiro pq como o batera costuma usar apenas o surdo, ficava meio complicado e também porque sempre achei um lance meio que de banda forrozeira, ... hehehe Mas recentemente resolvi testar em uma igreja cuja a minha banda foi ministrar pois neste dia, o batera resolveu levar o tom. De fato, em igrejas fica um efeito muito interessante... Obviamente não há muita chance disso ficar bom em um show ao ar livre... mas não custa tentar neh... na igreja... eu curti e jah serviu para que eu rever alguns conceitos com relação a mix que aplico ao som da banda...
 
G

Guest

Guest
#34
as vezes temos que entender as coisas que outras não sabem os termos tecnicos e ai a gente tambem apanha, quando este musico pede o som estereo na verdade o que ele esta querendo é um brilho no instrumento dele, ou seja mais altas frequencias, é porque ele não sabe o termo correto então a gente se depara com isso, porque ninguem nunca perdeu tempo pra ele explicando que um violão pra fazer estereo teria que usar uma captação interna que o que todos fazem atraves do plug p10 e uma externa atraves de um mic proximo as cordas. Somente assim sairia estereo, outras formas seriam monos duplos como foi citado ai em cima.
 
#35
Acredito que essa confusão toda surgiu por causa do rádio. Os mais leigos passaram associar o som ruim do rádio AM ao fato de este ser MONO (o que não tem a ver uma coisa com a outra), enquanto associaram a melhor fidelidade do rádio FM ao fato de este ser STEREO. Daí entenderem som stereo como sendo um som mais agudo, mais "brilhante", etc.