• This site uses cookies. By continuing to use this site, you are agreeing to our use of cookies. Learn More.

Mackie Profx8v2 - problemas nos potenciômetros

#1
Pessoal, comprei uma Mackie Profx8v2 e chegou hoje à tarde. Nova, em perfeito estado visível, na embalagem lacrada (dentro da caixa de papel e entre as peças de isopor de proteção, a mesa estava dentro de um saco transparente lacrado, não sei de fábrica, imagino que sim). Liguei pra testá-la e conhecer o som e me deparei com o seguinte: vários potenciômetros "arranham" o som quando girados durante a chegada de sinal aos canais. Fiz um vídeo pra deixar claro o problema e enviar ao vendedor que me atendeu. Deixo aqui abaixo o link do vídeo para entenderem melhor o problema. Reparem que com o microfone plugado e os faders abertos, se os potenciômetros são girados sem eu falar nada ao microfone, não há chiados; porém se girá-los enquanto estou falando, um ruído acompanha o movimento do potenciômetro e sai junto ao som da voz. Os 4 potenciômetros de ganho dos canais têm esse ruído nessas condições. No vídeo ainda mostro que também o potenciômetro do grave do equalizador do 1º canal arranha (bem grave) nas mesmas condições. Depois que fiz o vídeo ainda notei outros potenciômetros de graves arranhando, com menos intensidade, quase imperceptíveis. Mas num sistema em alto volume, seguramente serão percebidos... Enfim...

Alguém já viu esse tipo de problema? Alguém aqui tem esse modelo de mesa?

Será possível que a Mackie não tem um controle de qualidade ou que esse modelo está construído com peças de qualidade tão inferior? Ou que eu dei tanto azar de receber uma mesa com vários potenciômetros com defeito? Ou seria isso normal, por serem novos...? Ou há algum outro problema que pode estar por trás disso e eu não estou associando as coisas?

Se alguém puder ajudar, agradeço desde já. Envei o vídeo ao vendedor, sugerindo que ele observasse nas outras que tem em loja se o problema é comum. Aguardo notícias dele.

Link do vídeo:



*********************

Depois de muito procurar tudo a respeito na internet, me deparei com um vídeo russo sobre o modelo. O cara aponta o mesmo problema nos potenciômetros!!! Ele o mostra a partir dos 50 segundos do vídeo:
Não entendi patavinas do que ele disse, mas a cara do rapaz diz tudo... Há um ouro vídeo do mesmo rapaz na sequencia no canal dele. A partir do que estava escrito da descrição do vídeo e pelo google tradutor, entendi que ele enviou para a manutenção e voltou sem o defeito, mas apresentando outros...

Esse modelo da Mackie vem sujar a reputação da marca?? ...
 
#2
Acabo de receber a resposta do vendedor da loja (Ninja Som). Ele relatou que tiveram uma devolução nesta semana pelo mesmo problema!! Segundo ele, se trata de um defeito de fabricação. Eles gerarão um código reverso de postagem e encaminharão outra pra mim, que eles abrirão e testarão todos os canais. A pergunta que fica é: vale a pena arriscar de ficar com outra do mesmo modelo?? E se com o passar do tempo e expirada a garantia os problemas começarem a aparecer e eu tiver que trabalhar suportando esse defeito?? E se outros defeitos vierem a aparecer?? É Mackie... Fica o alerta e má reputação, daqui até a Rússia (pelo menos quanto a essa linha Profx).

Farei um novo vídeo pro Youtube, mostrando o problema, indicando o link do video russo e relatando que a loja em que comprei já teve outras devoluções pelo mesmo motivo, pra servir de alerta a quem esteja pesquisando o modelo e a série pra comprar.
 

Ronaldo1

Well-Known Member
#3
Nesse caso mesmo depois da garantia expirar, você ainda teria direitos, já que o produto já apresenta vícios de fabricação.
 
#4
Felipepsoares, olha eu aqui kkkkkkk Pois é, boas suas indagações. E agora também estou, novamente, em dúvida quando eu vier a adquirir uma mesa, se valerá a pena realmente investir em uma dessas... Entendo que o problema é pequeno e que pode ser corrigido num conserto, mas isso deixa evidente a falta de controle de qualidade que tiverem com esse modelo (talvez com essa linha), o que é o mais preocupante, como você disse em questão, por poder apresentar problemas mais adiante...
Mas quanto ao timbre e à qualidade sonora da mesa Felipe, qual é a sua opnião? faz jus à grande marca Mackie?

Irmãos do SAV, o que devo eu fazer agora? Adoro a ideia de ter um timbre mais macio, como são conhecidos os timbres dos prés da mackie, isso me agrada muito... Mas devo eu abdicar desse timbre e optar pela segurança do modelo concorrente, da yamaha?
Peço suas sugestões :)
 
#5
@Piont, como foi minha primeira oportunidade de experimentar uma Mackie por minha própria conta e a fama da marca corre léguas, eu me decepcionei com esse problema dos potenciômetros. Quanto ao timbre e aos efeitos, eu gostei... mas como o problema foi muito decepcionante, talvez eu não tenha tido a isenção suficiente para realmente ouvir e avaliar o som geral. Além disso, só a ouvi em baixo volume, dentro da sala de casa. Num ambiente maior, com os volumes abertos e as respostas acústicas do ambiente, a experiência é outra.

Acabei investindo um pouco a mais que na Mackie e comprei a linha MGP da Yamaha. E essa sim foi a grata surpresa!! Eu indico sem sombra de dúvida. O som dos prés é extremamente limpo e musical. A mesa tem dois módulos de efeito que podem ser usados ao mesmo tempo, com regulagens individuais, tem directs outs, compressor, os médios com controle semiparamétricos, auxiliares, subgrupos, garantia de 1 ano, e ainda uns recursos pouco comuns, como conexão com aparelhos da Apple, efeitos ducker e leveler... enfim, para o que eu procurava e meu uso, a MGP foi excelente. Hoje até agradeço a Mackie por ter dado problema e me forçado a pesquisar um pouco mais, afinal eu não conhecia essa linha premium da Yamaha. Nunca trabalhei diretamente com a linha MG atual para poder comparar MG com MGP. Posso dizer que apenas que os modelos mais antigos da Yamaha com que eu já tinha tido contato não me agradavam, principalmente por causa dos efeitos muito metálicos e robotizados.

Então, te sugiro dar uma olhada e se possível uma escutada nas MGP da Yamaha!! Mas se ela fugir do orçamento, lembre que quanto a timbre e qualidade, a Mackie é referência há anos... não deve mesmo decepcionar. Tem que ver é se o modelo ProFx vale a pena diante dos relatos de problemas que vêm até da Rússia... Eu, hoje, não indicaria, pois pode ser um problema de projeto ou de baixa qualidade dos componentes da linha, e se nas novas têm dado problema, quem dirá daqui a 1, 2, 5 anos...?! Mas é um questionamento meio pontual...

De resto, vale lembrar também que a fama que as marcas adquirem estão sujeitas a muitas variáveis, inclusive gosto, sorte, alcance de publicidade, condições de uso e cuidado e outros critérios não estritamente técnicos... Como exemplo, cito a Behringer que tem a fama de ser pouco durável. Eu tenho equipamentos Behringer e tenho amigos que têm também (cabeçote amplificado, direct box, periféricos, mesas etc) que estão rodando há mais de década sem nunca ter dado problema. Claro que eu não espero que uma Xenyx me entregue a qualidade total de uma MGP; só estou levantando a questão em torno da durabilidade. [Fazendo uma suposição: enquanto a Behringer vende 1000 mesas, suponhamos que a Yamaha venda 100; portanto, se vc ouvir 50 relatos de problemas em Behringers e 5 relatos de problemas em Yamahas, elas estão na mesma média de problemas... fico pensando se a má fama da Behringer não é muito mais pela quantidade numérica ou absoluta de problemas (em razão do elevado número de vendas pelo preço mais acessível) do que propriamente pela quantidade proporcional ou relativa... ainda que em tese a eletrônica da Yamaha seja mais robusta que a Behringer]. E até quanto a qualidade também, em algumas certas comparações, acho que vale o questionamento... os efeitos das mesas Behringer (por exemplo, os do meu cabeçote PMP1680) são muito melhores (minha modesta opinião!) que os efeitos das Yamahas antigas em que já toquei, cujos modelos não sei de cor agora para poder citar. Mas isso é outra história rss. Sempre vai valer muito a pena ouvir o que as famas dizem.

Enfim, entre as qualidades das Mackie Profx e das Yamaha MG, que são as que estão em jogo aqui, eu iria de Yamaha. E se couber no orçamento, dá uma olhada nas MGP... Entre a MG12xu e a MGP12x vc deve encontrar uma diferença de uns R$500,00. Se cabe no bolso e vc espera uma alta qualidade final, acho que vale a pena. Abraço!
 

Ronaldo1

Well-Known Member
#6
A linha MGP é realmente ótima, comparável com A&H e soundcraft. Só que ela tem recursos que não se encontram em outras marcas. Só que são caras. A linha profx deve ser ser comparada à linha MG da Yamaha, nesse ponto pode ter certeza que Yamaha perde feio.
 
#7
Olá, como visto aqui na foto tenho uma Makcie ProFx22, comprei a +/- um ano. Até agora o único problema que tive com ela foi a queima de fusível. Era uma casamento ao ar livre num sítio. Não sei se houve oscilação de tensão ou algo assim, mas fora isso nada obstem.
 
#8
Também tive problemas com a Profx8v2, comprei na Loja física AV Musical, na santa Ifigenia, tive que trocar duas vezes, pois parece que todas as mesas dessa linha apresentam problemas no pré-amp. Os prés não dão o ganho esperado e apresentam ruído. A loja mesmo sabendo do problema com este modelo continua vendendo normalmente!!!. Também devem tomar cuidado que muitas das grandes lojas de áudio na santa ifigenia são de um mesmo dono, não posso dizer todas aqui para não comprometer, mas por exemplo na AV Musical onde comprei, o nome é fantasia, na nota a razão é Ninja Som Comércio de Eletrônicos Ltda.

Acabei trocando por outro modelo da Mackie mesmo, a 1202VLZ4, modelo mais antigo, mais caro e de qualidade superior a Profx, mas com menos recursos.

O problema da PROFX8v2 é que o lançamento dela é bem recente e pelo jeito a linha de montagem não garante o nível de qualidade esperado (devem estar barateando o custo de produção...). Se for o caso optem pela Profx8v1, que acredito que seja mesma coisa, tem os mesmos recursos, já é consagrada e principalmente com preço antigo e defasado, geralmente com uma diferença de 600 a 800 reais.

Obs: a minha compra foi no mês de julho de 2016
 
#9
Fala Galera

Tbm tive problemas com minha mesa profx12 comprada na Santa.... problemas nos ganhos, troquei e continuou o problema...mandei pra assistência e disseram que estava normal.... mas não estava pois quando vc virava o botão de ganho dava ruído e falhava....

Um colega trocou os potênciometros e ficou bom.... só que não sei pq essa mesa tem pouco ganho... vc precisa abrir além do 0db.... diferente da minha maior, a profx22 que parece ser outra linha de mesa....

Acho que o problema está em todo esse lote dessas mesas menores....
 
#10
Boa tarde, pessoal.

Depois de ler este tópico, resolve entrar em contato com o pessoal da Habro, que é distribuidor da marca aqui no Brasil.
Seria muito difícil o distribuidor concordam que os mixers têm problemas, ok. Mas eu resolve perguntar mesmo assim.

Ele me assegurou que não foi devolvido par aeles nenhum mixer com defeito! Que assistência têm sim, e as próprias lojas são instruídas a trocar o equipamento caso tenha problema e tal. Mas que não foi um problema de LOTE não, não é um problema recorrente, e sim pontual.

Entendo que temos alguns casos citados aqui, mas ainda estamos falando de Mackie.

E sobre comprar a ProFX8 v1 ele não aconselhou devido a ser um produto descontinuado.

A minha dúvida ainda persiste, se escolher a Yamaha MG12XUT pu a Mackie ProFX8 v2.

Abraços,
 
#11
Estou pensando em comprar a mackie pro FX 16 V2 no caso não seria uma boa escolha ? Estou em dúvida entre ela é uma presonus AR12 ..
Qual vocês indicariam ?