• This site uses cookies. By continuing to use this site, you are agreeing to our use of cookies. Learn More.

Novos termos - Letra F

TSA

Active Member
#1
Factory preset - Programa, ou patch em instrumentos eletrônicos (sintetizadores, por exemplo), módulos de efeito ou aparelhos (dos que permitem a criação de todo um conjunto de ajustes -- programa), já feito na fábrica, ou seja, que já vem pronto pra uso, com os parâmetros definidos.
Como exemplo, módulos de efeitos, que costumam ter programas já prontos, para várias aplicações -- editar um programa "do zero" é mais uma opção. Outro exemplo são os gerenciadores digitais de caixas acústicas -- muitos deles já vêm com programas prontos de fábrica para certos modelos conhecidos de caixas.
Um programa desses, já pronto, é chamado factory preset (configuração de fábrica).



Factory reset - Cuidado para não confundir reset com preset! Factory reset é o procedimento de retornar um dispositivo (digital) aos padrões de fábrica, como se nunca tivesse sido usado (nenhum parâmetro modificado).
Por exemplo, num módulo de efeitos, isso apagaria todos os programas criados pelo usuário, e os já prontos que eventualmente tivessem sido editados retornariam ao estado original.
Note que preset refere-se ao programa, ao conjunto de parâmetros; reset é um procedimento ("resetar" o aparelho, como se diz).



Fade-out (ou fadeout) - Em áudio, é a redução gradual do volume de alguma fonte sonora, até o silêncio.


Fader (comum, mas não faz mal definir) - Potenciômetro "normal", mas ao invés de ser rotativo (knob), é deslizante (desliza em linha reta). É usado pela facilidade que oferece para se ajustarem os níveis de sinal e para se ter uma representação "gráfica" dos níveis de vários canais (ou de várias frequências num EQ gráfico).
O nome deriva-se da expressão fade-out, já que com um potenciômetro desse tipo é mais simples reduzir o volume suavemente.


Faders.


FAQ (Frequently Asked Questions) - Acrônimo (ou seja, abreviação que é pronunciada como uma palavra "inteira", como CEP - ao invés de C-E-P) que significa "Perguntas mais Frequentes". São listas contendo as dúvidas mais comuns acerca dos assuntos abordados. Por exemplo, um fabricante de equipamentos de áudio pode incluir um FAQ em seu site ou em seus manuais de instruções. Comum em sites, fóruns, centros de atendimento (normalmente online), etc. Ao elaborar listas assim (com as perguntas mais frequentes e suas respostas) economiza-se tempo nos setores de suporte técnico, já que as mesmas respostas não precisam ser repetidas várias vezes.
Nosso fórum tem um FAQ.


Far field - Campo distante. A teoria é bem mais complexa, mas, de modo simples, é a distância da fonte sonora a partir da qual se aplica perfeitamente a lei dos inversos dos quadrados, ou seja, o SPL é atenuado 6 dB a cada dobra de distância.
Basicamente, é isso que os line-arrays tentam evitar.



Feedback - Realimentação. "Microfonia". Ao pé da letra, qualquer sinal que fique saindo e entrando do mesmo equipamento, em loop (ocorre, por exemplo, ao se ligar a saída de linha de um computador à entrada de linha do mesmo computador, e ativar o monitoramento desta entrada), e aumentando de intensidade a cada "ciclo". A forma mais comum é a realimentação acústica (acoustic feedback), em que o som emitido por uma caixa de som é captado por um microfone ligado a ela, esse som é reproduzido de novo na caixa, é captado de novo no microfone, e é reproduzido outra vez, e assim por diante, em loop, enquanto o nível desse sinal vai aumentando cada vez mais. Daí vêm os típicos sons de microfonia. Numa situação dessas, o potencial de danos a drivers (sobretudo os de alta frequência) é grande, porque o sinal vai aumentando sua intensidade infinitamente, até os limites máximos do equipamento. Note que as microfonias começam fracas, e vão aumentando (às vezes lentamente, às vezes abruptamente).


•Filtro infrassônico - Filtro passa-altas (HPF) usado para proteger sistemas de som (sobretudo alto-falantes) de frequências infrassônicas (ao pé da letra, abaixo de 20 Hz), que na prática não têm utilidade, e podem causar danos. Normalmente é encontrado em EQs ativos, crossovers ativos, e processadores do tipo. Não confundir com filtros low-cut (que embora sejam conceitualmente iguais, têm outros usos). Não chamar de "filtro subsônico", já que o termo "subsônico" refere-se a velocidades abaixo da do som, não a frequências.


Flat - Plano, em inglês. Refere-se à resposta de frequência (resposta plana), ou à equalização aplicada (sem nenhuma alteração, ou seja, sem reforços ou atenuações - exemplo: deixar os controles de equalização da mesa em 0 dB).


FOH (front of house) - Termo que indica a mesa de som/ponto de operação principal, geralmente localizado na audiência, para operação do som para o público, ou seja, o PA. Diferencia do mixer para monitor (retorno), normalmente localizado em uma das laterais do palco.


Front of house.


•Frequência - [No contexto de som] Número de oscilações (ou ciclos, ou vibrações) de uma onda sonora por segundo. Medida em Hertz (Hz), que significa ciclos por segundo. Exemplo: uma onda de 100 Hz oscila 100 vezes por segundo. Quanto mais baixa a frequência, mais grave o som; quanto mais alta a frequência, mais agudo. É preciso entender que não existe propriamente som; as ondas, deslocando-se, por exemplo, no ar, causam variações na pressão deste (no ritmo de sua frequência). Ou seja, há uma perturbação do meio (de transporte das ondas). Som trata-se da nossa percepção dessa perturbação. Ondas com frequência fora da faixa audível, por exemplo, são percebidas como meras vibrações, ao invés de som.