• This site uses cookies. By continuing to use this site, you are agreeing to our use of cookies. Learn More.

Rack "Faça você mesmo"

G

Guest

Guest
#1
Irmãos , APDSJ,

Eu sei que em se tratando de som, o "Faça vc mesmo" não é uma boa pela confiabilidade, mas no caso dos Racks, acredito que seja aceitável. Aqui na minha Igreja estamos bolando um rack de madeira (para não destoar com o estilo do templo da ICM) para o som completo, com gavetas e armario para guardar cabos e microfones, lugar para a mesa e as potências, etc.

O que está travando é o material, pois o orçamento por parte de vários marceneiros não saiu por menos de R$ 1000,00 e não temos condição então pretendemos por a mão na massa.

Posto aqui as imagens do projeto, aguardo sugestões para serem implementadas no projeto final !!













 

bersan

Administrator
Moderador
#2
Olá Hugo,

rapaz, você é CADista de mão cheia, bonitos desenhos. Fiquei admirado.

Primeiro de tudo: em outro post, você reclamou da posição da mesa. Só faça o móvel depois que isso estiver 100% resolvido, depois que você encontrar o lugar ideal para você ficar.

Se você fizer o móvel e depois quiser trocar de lugar, vai ficar muito difícil mesmo.

Pela sua figura, tenho apenas alguns comentários:

As portas da frente e de trás dos amplificadores terão sempre que ficar abertas. Então, porque fazê-las? Simplesmente não as faça.

Na última figura você pensou nisso e colocou uma tela, mas ainda assim é melhor não fazer essa porta.

Vi um Karsect por cima do Powerplay. Mas a base dos microfones sem fio não vai ficar dentro do móvel, mas sim por cima dele. Você esqueceu das antenas? Existe solução de antenas externas, mas são caras e nunca vi ninguém usar.

O armário embaixo da mesa ficou jóia. Mas e as suas pernas? Seria muito mais confortável se você pudesse se sentar com as pernas por debaixo da mesa. Você poderia fazer o rack mais alto e com uma única gaveta para guardar os cabos em uso no dia-a-dia.

Por cima da mesa, sempre jogue um pano. Os faders são abertos e vai caindo pó dentro deles, e e com o tempo vão dando defeito. Um simples pano resolve isso.

Um abraço,

Fernando
 
#3
Hugo e Bersan.

Eu penso um pouco diferente.

As portas são importantes para que pessoas que não têm nada a ver com a sonorização fiquem "mexendo" nos equipamentos.

Concordo com o Bersan no que diz respeito ao espaço para as pernas do operador.

Acho que o espaço entre as prateleiras dos amplificadores poderia ser um pouco maior para facilitar a ventilação.

Vc tb pode fazer uma espécie de tampa removível no espaço destinado à mesa... como numa escrivaninha.

Hugo, só uma curiosidade... o software que vc usou para os desenhos foi o Sketchup?

[]'s
 

bersan

Administrator
Moderador
#4
David e Hugo,

os amplificadores dele são turboventilados, são DBK 2000. No Anfiteatro, temos dois racks cada um com 8 e outro com 6, PWP 6000 Ciclotron, e estão apoiados um em cima do outro mesmo, e não há problemas de ventilação entre eles - pois a ventilação é sempre no sentido do comprimento do amplificador. Não vejo necessidade de ventilação na vertical. Se fossem DBK 720 ou DBK 1500, sem ventilação forçada, seria necessário mesmo.

Quanto às portas, o enorme problema seria alguém esquecer de abrir as portas, seja a da frente ou a de trás quando em uso. O amplificador vai superaquecer e se desligar (proteção térmica - desliga o equipamento após alcançar certa temperatura. E isso no meio do culto.

Como pelos desenhos que ele enviou em outro post o rack está ficando próximo a músicos, tenho medo de que algum deles passe e feche a porta ou - pior - não repare que ela está aberta e a "arranque" fora.

Uma tampa removível fechando o rack por cima seria realmente muito legal. Mas ela teria que ser de encaixe, podendo ser totalmente retirada, para não atrapalhar as conexões dos equipamentos. Mas observe o custo. Não sendo possível, não deixe de usar pelo menos um "paninho" para protegê-la de poeira.

Um abraço,

Fernando
 
G

Guest

Guest
#5
Realmente foi muito importante a exposição de minhas idéias aqui, vcs estão me ajudando muito!

Primeiro de tudo: em outro post, você reclamou da posição da mesa. Só faça o móvel depois que isso estiver 100% resolvido, depois que você encontrar o lugar ideal para você ficar.

Se você fizer o móvel e depois quiser trocar de lugar, vai ficar muito difícil mesmo.
Provavelmente vamos manter a mesa naquele local, mas mudar a bateria de lugar ou usar o anteparo que vc sugeriu no outro post, dificilmente o Pr vai achar adequado a mesa mais atrás.

Hugo, só uma curiosidade... o software que vc usou para os desenhos foi o Sketchup?
Quanto aos desenhos, estou usando o SketchUp, sou engenheiro mecânico e uso o autocad no meu dia a dia, porém o SketchUp alem de gratuito, é sensacional e muito intuitivo, e o resultado final 100% melhor.

A idéia de fechar tudo com portas é pela segurança dos equipamentos. Temos muitas crianças pequenas e todos que operam o som ou ficam próximos são obreiros, e saem pra assistência. Além disso, como falei no outro tópico a respeito da Igreja e os problemas com o som, temos equipamentos caros e mesmo com alarme na igreja temos temor quanto a furtos e queremos ser o mais cautelosos possível.

Pelos comentários pensei nas seguintes soluções:

Porta Dianteira: De abrir, como está agora, porém toda aberta com ranhuras, estilo "persiana" ou tela de madeira envernizada. Vai juntar pó, mas vai garantir a ventilação adequada mesmo fechada, aí é só limpar direito.

Porta Traseira: De correr, para não correr o risco de ser atropelada pelos instrumentistas, antes do culto, só correr ela para o lado e pronto, boa ventilação. Certamente vou ter que orientar a todos que operam o som a abrir obrigatoriamente a porta traseira sempre.

Quanto ao sem-fio, realmente, precisarei tirá-lo do rack todos os dias pela antena.

Eu realmente vou precisar do armário ali, tem muita coisa para guardar. e não tenho muito espaço no "anexo". O que posso fazer talvez é deixar mais alto e colocar 02 gavetões. Aí teria lugar para a perna e poderia guardar bastante coisa.

Atualmente temos um rack de aço porém em péssimo estado, está quase caindo e a mesa fica completamente desprotegida de crianças e da poeira. Um dos marceneiros que consultei deu exatamente a mesma idéia do Fernando, de fazer ranhuras nas laterais do vão da mesa e fazer uma tampa de correr que pode ser tirada durante a operação. Certamente adotarei isto, poderei trancar com um cadeado e ficará bem seguro.

Grato pela atenção de todos, aguardo comentários!
 

bersan

Administrator
Moderador
#6
Hugo,

Provavelmente vamos manter a mesa naquele local, mas mudar a bateria de lugar
Troque a bateria de lugar com os violões. Ela ficará lá longe, no canto, e os outros músicos mais próximos de você. Coloque quem for usar fones (e não caixa de retorno) mais próximo de você. Vai facilitar o manejo de cabos e tirar os altos decibéis da bateria e dos retornos do seu ouvido. Aí você vai escutar melhor a sonoridade da igreja, vai regular melhor, tudo vai melhorar.

De quebra, a bateria mais próxima do púlpito vai permitir um controle melhor do volume dela (vai estar no ouvido do pregador, se estiver muito alta ele mesmo reclada direto com o baterista).

A idéia de fechar tudo com portas é pela segurança dos equipamentos. Temos muitas crianças pequenas e todos que operam o som ou ficam próximos são obreiros, e saem pra assistência.
O problema com crianças resolvemos com educação. Na minha igreja, elas sabem que não podem mexer e os pais sabem que, em caso de problemas, vão pagar o conserto. Certa vez uma criança estragou um mic sem fio (baratinho, Sound of Heaven) e, depois que que o pai teve que pagar nunca mais houve problemas.

Independemente de ser obreiro ou não, enquanto tiver algo ligado, precisa ter alguém tomando conta. Em dia de escala de som não tem C.P., não tem reunião, não tem limpeza, nada. É som e pronto! Sei que aí deve ser complicado, pouca gente, mas temos que ter a mentalidade que alguém tomando conta do som é importante desde que se liga os aparelhos até eles serem desligados definitivamente. Som custa caro, mais caro que ter menos um obreiro para dar assistência.

Com certeza vocês já tiveram problemas por não ter ninguém no lugar (instrumentista tirando cabo, alguém pedindo para ligar ou diminuir o microfone, etc.). Eu já tive muito problema com isso, e hoje o operador de som só sai da cadeira quando tudo estiver desligado.

temos equipamentos caros e mesmo com alarme na igreja temos temor quanto a furtos e queremos ser o mais cautelosos possível.
Então o rack não vai ser de madeira... vai ser todo de aço, fechado a cadeado grosso. Sugestão: muita oração e confiar em Deus.

Porta Dianteira: De abrir, como está agora, porém toda aberta com ranhuras, estilo "persiana" ou tela de madeira envernizada. Vai juntar pó, mas vai garantir a ventilação adequada mesmo fechada, aí é só limpar direito.
Excelente idéia, uma porta treliçada, ou mesmo de tela de caixa de som (emoldura por madeira). Você poderá trabalhar mesmo com a porta fechada. Pena que deve sair caro.

Porta Traseira: De correr, para não correr o risco de ser atropelada pelos instrumentistas, antes do culto, só correr ela para o lado e pronto, boa ventilação.
E que tal fazê-la também treliçada ou de tela de caixa de som? Vai haver ventilação mesmo que alguém a esqueça fechada. E poeira é só limpar. Nada que um pincel não resolva.

Não esqueça de deixar espaço para passar cabos.

Um dos marceneiros que consultei deu exatamente a mesma idéia do Fernando, de fazer ranhuras nas laterais do vão da mesa e fazer uma tampa de correr que pode ser tirada durante a operação
A idéia foi do David. Eu só acrescentei o detalhe de poder retirá-la para não atrapalhar na hora de passar os cabos (que na idéia dele ficou subentendido, eu só explicitei).

Eu sou uma pessoa sempre preocupada com o custo (minha mulher acha que sou pão-duro mesmo). Na minha denominação, quando a gente quer mexer em algo no som, é a gente mesmo que paga. Todas as idéias são ótimas, mas seu rack está ficando cada vez mais caro...

Se $$$ for problema, monte o móvel do seu jeito mas deixe tampas e portas para depois. Para evitar crianças, jogue um pano em cima, um lençol grande (só comprar o tecido e pedir para alguma senhora da própria igreja costurar certinho). Evita crianças, mas não evita ladrões. E depois de um tempo ($$$) você pode colocar as tampas e portas.

Na minha igreja, quando deixam a bateria coberta por um tecido, as crianças não mexem. Quando esquecem.... Com som é a mesma coisa. Se virem tudo tampado (mesmo que por um simples pano), acredito que elas não vão mexer.

Um abraço,

Fernando.
 
G

Guest

Guest
#7
Muito obrigado pelas dicas, tanto Fernando quanto David e todos do forum.

Pelo $$$, ainda mais com a nossa crescente preocupação quanto a economia, vamos fazer aos poucos e provavelmente nós mesmos,

Um abraço
 
#8
Ola Pessoal

Ressussitando esse topico, gostaria de dizer que estavamos tentando montar uma mesa semelhante a esta para nossa Igreja, e eu estava pensando em como desenhar isso para o marceneiro. Esses desenhos vao ser de grande ajuda.

Procurando pela net achei uma fabrica que faz mesas assim nos EUA. Abaixo estao algumas fotos das mesas que eles fazem. Assim que a nossa ficar pronta eu posto algumas fotos aqui. Claro que nao vai ser tao caprichada como as fotos. :)







Vamos tentar seguir este projeto com algumas modificações. Abaixo a mesa aberta



[]´s
Andre
 
#9
Muito legal essa última mesa.... no caso do projeto do colega nao to conseguindo ver as fotos porque aqui nao abre o photobucket, terei que ver em casa mesmo...

Mas estou nesse dilema, que móvel colocar para fazer de rack para o som.