• This site uses cookies. By continuing to use this site, you are agreeing to our use of cookies. Learn More.

Trigger

#1
Gente, alguém aqui sabe se compensa usar um sistema com Triggers para a bateria ao invés de microfoná-la?

Por exemplo: Para ter o controle do volume da bateria na minha mão precisaria isolá-la acusticamente com um aquário e então microfonar. Com o Trigger eu poderia usar aquelas peles de estudo (silenciosas) e captar as vibrações destas com o Trigger.

Pra quem nunca ouviu falar sobre isso, eis o trigger:






Ele nada mais é que um transdutor de contato. Ele capta as vibrações nas peles das peças (o da esquerda da segunda foto pega também a vibração do aro da caixa):

e transforma em um sinal elétrico que passa por um módulo:


Este módulo "libera" então o som desejado, que pode ser transormado eletrônicamente.
É a alma da bateria eletrônica..

Procurei bastante à respeito mas é difícil achar opiniões.
O que vocês acham? Eu não precisaria isolar a bateria, comprar microfones específicos e nem comprar uma eletrônica. Dependendo do módulo, tem boa dinâmica (quando bate fraco/forte o som sai mais baixo/alto) e até saídas individuais, para que eu tenha o controle do volume de cada peça comigo ainda.

Aguardo opiniões..
 
#2
Fala Rafel paz, já tinha ouvido falar mais nunca vi nem manuseie nem tampouco utilizei, mais aparentemente parece ser bacana, acredito que vc deve levar em consideração o custo e a qualidade de ambos os sistemas, veja junto com as lojas a possibilidade de fazer um teste, e ai vc pode ter uma definição melhor mais acredito q os feras vão te dar uma opinião muito melhor, espero ter te ajudado. um abraço.
 
#3
eu já usei esse triggers, alguns bateristas (a maioria) reclama, ''esse ai naum é o som da minha bater'', pq esse sistemas naum capta o som da bateria e sim as vibrações,
seria como se a bateria fossem as teclas de um teclado, quando o baterista ''bate'' em um tom ou algo, ele estaria batendo na tecla e o Dm-5 responderia com um
''som pré-programado''
 
#5
Isso ai não rola, vai para uma batera eletronica mesmo, esse módulo da alesis é de uns 15 anos atrás, sons muito antigos e pouco qualidade.

Você pode comprar uma roland da linha TD e a partir dai vocÊ terá muitas opções como os próprios timbres dela ou usar um pc para disparar os sons a partir de softwares como BFD, Superior, Addictive Drums, etc.........


Lembre-se também que se você isolar sua bateria também terá um certo trabalho em microfoná-la e no dia-a-dia nos cultos, com equalização, volumes, o irmão que toca mais na manha e o outro que toca mais alto.
 

carlosecg

Administrator
Moderador
#9
Não é sem fio.

O trigger é praticamente para "transformar uma acústica em uma eletrônica, tendo simultaneamente o som e características do kit acústico". O som será o mesmo de uma eletrônica, ou seja, tudo depende do módulo utilizado. Mesmo que use BFD e similares, o módulo é peça chave no kit. Mas tem a vantagem da resposta da pele, que é uma das reclamações. Já pensei em fazer isso na minha acústica mas desisti, porque me fiz uma pergunta: E os pratos, como ficam?

Não esqueça de colocar no orçamento o custo das peles, em torno de R$ 200 pelo kit básico.
 

carlosecg

Administrator
Moderador
#10
unformed disse:
Você pode comprar uma roland da linha TD e a partir dai vocÊ terá muitas opções como os próprios timbres dela ou usar um pc para disparar os sons a partir de softwares como BFD, Superior, Addictive Drums, etc.........
O DM5 tem saída Midi. Mas com certeza um TD-3, no mínimo, é bem melhor. Τambém acho melhor partir direto para uma eletrônica.
 
#12
Eu presumo que sejam piores, pois você vai ter que isolar a bateria de todo jeito... (a não ser que use peles mudas).

Por outro lado, um baterista conhecido meu, de uma banda de baile, usa a batera microfonada e trigada. Dependendo da música, ele usa o som da batera mesmo ou do módulo (principalmente pras músicas antigas que usavam bateria eletrônica). A idéia dele é ser o mais fiel possível, um cover literalmente.
 
#13
Quanto custa um kit desses? Se for mais caro que um kit de microfones a vantagem fica por conta da possibilidae de variar a sonoridade como foi citado acima. Pra substituir a microfonação não deve compensar.
 
#14
Pessoal.

Uma das principais reclamações dos bateristas quando trocamos a bateria acústica pela eletrônica é relacionada ao timbre. Trigando a bateria acústica, perde-se o componente acústico. Se vc pretende isolar a bateria, é melhor usar mics que triggers. Se vc quer som eletrônico, compre uma bateria eletrônica... é muito melhor. Quanto as pratos de uma bateria trigada, é comum usar microfones para captá-los.

[]'s
 
#15
Só para descontrair...

O único trigger que conheco eh o da AKAI e esse:
<!-- m --><a class="postlink" href="http://images.quebarato.com.br/photos/big/3/5/1AA335_1.jpg" onclick="window.open(this.href);return false;">http://images.quebarato.com.br/photos/b ... A335_1.jpg</a><!-- m -->


E digo que são bons!! o/