1. This site uses cookies. By continuing to use this site, you are agreeing to our use of cookies. Learn More.

PMP5000 from BEHRINGER - Lançamento

Discussão em 'Behringer' iniciado por Guest, 27 Março 2007.

  1. Guest

    Guest Guest

    PMP5000 from BEHRINGER, Vale a pena? É investimento desnecessário? Não vou esconder, FICO BABANDO vendo esta mesa no site... São 1200W RMS!!

    <!-- m --><a class="postlink" href="http://www.behringer.com/PMP5000/index.cfm?lang=ENG">http://www.behringer.com/PMP5000/index.cfm?lang=ENG</a><!-- m -->

    abraços
     
  2. bersan

    bersan Administrator Moderador

    Afiliado:
    13 Setembro 2006
    Mensagens:
    47,878
    Aprovações Recebidas:
    36
    A PMP-5000 é uma revisão das PMH-5000, da qual eu também já babei muito em cima. É ter todo o necessário para um pequeno evento em apenas 14kg.

    [​IMG]

    Mas tem uma coisa que eu nunca entendi nessas Behringer, nem na PMH nem na PMP.

    A potência é de 1. 200W RMS em modo Bridge, tudo bem. Mas o consumo é de 1.000Watts (só ler no manual). Na PMH 5000, a potência era de 800W e o consumo de 600W (acho, não olhei o manual).

    Nunca vi aparelho nenhum que consumisse X e entregasse X+200, a não ser que fosse um motor. Mesmo os amplificadores mais eficientes (95%) consomem alguma coisa para o seu próprio funcionamento. Ou alguém errou nos valores de consumo ou no de potência. Ainda assim, se o preço for bom, vale a pena.

    Um abraço,

    Fernando
     
  3. David Fernandes

    David Fernandes Active Member

    Afiliado:
    28 Outubro 2006
    Mensagens:
    26,270
    Aprovações Recebidas:
    15
    Localização:
    Vila Velha
    Fernando.

    Não esqueça que a fonte tem que alimentar, além do estágio de potência, todos os outros circuitos da mesa (EQ de canal, EQ master, efeitos etc).

    []'s
     
  4. bersan

    bersan Administrator Moderador

    Afiliado:
    13 Setembro 2006
    Mensagens:
    47,878
    Aprovações Recebidas:
    36
    David,

    sim, com certeza. Imaginando que o amplificador seja classe AB (rendimento médio de 60%) e que não se gaste nada com outros circuitos, para um consumo máximo de 1.000Watts a potência máxima seria de 600W RMS. Ainda que fosse dos mais eficientes do mundo, ainda assim acho difícil alcançar mais de 900W RMS.

    E o manual está claro: eles citam o dobro de potência, em modo bridge, e falam claramente: potência RMS (com distorção de 1% THD, para mim muito alta).

    Eu dei uma olhada no manual da PMH 5000 (versão anterior) e está lá: 2 x 400W em 4 Ohms e consumo máximo de 700W. Nessa mesa, a potência não fala em Watts RMS, apenas Watts.

    Por isso eu fico com um pouco de receio quanto a essas mesas amplificadas da Behringer. Infelizmente, acho que a Behringer "errou" na especificação.

    De qualquer forma, mesmo que sejam 500W reais apenas, ainda assim dá para fazer um bom evento com ela (cultos em escolas, praças, festas de casamento com som ao vivo, etc). Outra vantagem é que o amplificador interno pode ser desativado, permite o uso de amplificadores externos.

    Um abraço,


    Fernando.
     
  5. Guest

    Guest Guest

    vi uma pmh-5000 na foxtrot é uma mesa muito bonita, tipo de equipamento que dá prazer de operar... :D :D

    Nem reparei esta questão da potência... Esse modo bridge seria uma caixa ligada na outra em série ou as saídas da mesa interligadas a uma caixa só?
     
  6. bersan

    bersan Administrator Moderador

    Afiliado:
    13 Setembro 2006
    Mensagens:
    47,878
    Aprovações Recebidas:
    36
  7. Thiago Couto

    Thiago Couto New Member

    Afiliado:
    3 Novembro 2018
    Mensagens:
    4
    Aprovações Recebidas:
    0
    Localização:
    Campinas/SP
    Bom dia,
    Estou com um problema PMP 5000 ele começa a funcionar e para de sair som fica baixo tanto pela saída amplicada quanto pela sai P10, já troquei a fonte e continua do mesmo jeito.
    Alguém teria uma ideia ou já viu este problema.
     

Compartilhe esta Página