1. This site uses cookies. By continuing to use this site, you are agreeing to our use of cookies. Learn More.

Qual a melhor forma de gastar 5 mil?

Discussão em 'Meu som, minha Igreja' iniciado por Daeniel, 24 Novembro 2019.

  1. Daeniel

    Daeniel New Member

    Afiliado:
    18 Novembro 2019
    Mensagens:
    1
    Aprovações Recebidas:
    0
    Localização:
    São Paulo
    Boa noite a todos!
    6 anos atrás postei aqui no blog, pedindo ajuda com o som da minha igreja, e fui muito bem recebido, vocês me ajudaram demais. (Mudei de usuário porque aquele não funcionou mais, tive que criar outro.)
    Aquele projeto deu super certo, com as caixas ativas da Mark Audio, e estão usando até hoje os mesmos equipamentos comprados aquela época.
    Só que faz 3 anos mudei de cidade, e na nova igreja que estou indo também me encarregaram de sugerir melhorias para o som.
    Por causa disso voltei a estudar estes assuntos de áudio na internet, e vi que sem dúvida o SaV é uma das maiores fontes de conhecimento deste tema em língua portuguesa, pois o que se encontra por estas páginas não tem em nenhum outro lugar.

    Então cá estou novamente.

    Só que desta vez já tenho uma ideia esboçada para melhorar o som desta igreja, que gostaria de expor, à procura de opiniões de gente que conhece do assunto, pra ver se não estou pensando besteira, ou se há outra forma, melhor, de gastar o dinheiro.
    O orçamento que tenho, curto como sempre, é de uns 5 mil reais, talvez 6 mil se parcelar em mais vezes.

    DESCRIÇÃO DO SALÃO:
    O prédio é um salão retangular de 16mt de comprimento, 8mt de largura, 4,50 de altura, com piso de pedra, com declive para o fundo, e no fundo desse espaço há o palco, elevado 80 cms do piso do salão, e com teto 50cms mais baixo que o teto do salão também. A largura do palco é a mesma do salão, e a profundidade do palco é de 4 mts. Somente no palco há carpete no piso, e todas as paredes verticais, do palco e do salão, são de alvenaria.
    (As caixas de PA ficam nas paredes laterais, a 2,50m de altura, na linha do início do palco, voltadas para o salão.)
    O forro é de placas de isopor com cobertura de gesso, acredito. Tem janelas altas tipo vitral só de um lado, do outro uma parede lisa. Não tem tratamento acústico, mas talvez pelo forro do teto e pelos bancos de madeira, não reverbera muito.


    INVENTÁRIO DO QUE TEMOS:
    Atualmente tenho os seguintes equipamentos em uso:

    -Mixer: Soundcraft SX 1202 USB
    -Amplificador: LL ProAudio 1600 (400W)
    -2 Caixas do PA: CSR 3000 (250W)
    -Microfone Sem Fio: JWL U585 , um receptor com 2
    -Microfone Púlpito: CSR GM22 Gooseneck, usando Phantom Power
    -Retorno: Caixa Passiva Leacs (Prox. 12 pol., parece modelo Vtx 300, 200W, adaptada para retorno)
    -3 Microfones dinâmicos (Samson, Lyco SML8355X e Shure SV100)
    -Piano Digital Yamaha YDP 162
    -Filtro de Linha LL ProAudio L9T6KD (1500W)
    -Multicabo e Medusa (12 vias, sendo 4 lines, 7 XLR, 19mts cabo, Medusa marca Wireconex, cabo Tecniforte Snake Audio Pro 12x24AWG

    E os seguintes, estão sem uso, encostados:

    -Amplificador Leacs LA1000 240W (em testes parece funionar, mas não dá muita potência)
    -Mixer Wattsom AMBW16 (Com defeito na ventoinha, parando)
    -1 Caixa PA Leacs (Prox. 12 pol., parece modelo Vtx 300, 200W, parece ter falante rasgado)
    -Caixa de retorno SpeedVoice, sub de 12polegadas, sem informações de potência, drive queimado

    FORMAS DE USO DO SOM:
    Durante a pregação, apenas o Mic gooseneck. Durante o louvor, 2 violões e 2 ou 3 vocais. Em breve teremos baterista (Já temos uma bateria acústica) baixista, e tecladista. Durante os hinos, apenas o piano digital. Microfones sem fio são utilizados na eventualidade de alguém falar dar avisos ou em orações em voz alta.

    PROBLEMAS:
    • -O amplificador está com um canal para os 2 PAs (Cada canal dele tem 200W, mas apenas um deles está acionando 2 caixas de 250W cada) e o outro para o retorno.
    • -O retorno é uma caixa passiva Leacs adaptada, porque é a única que está funcionando bem.
    • -O som em geral, no louvor, é meio embolado. Na pregação, se o pregador fala alto, fica bom, mas se fala baixo fica meio difícil de ouvir.
    • -É bastante complicado ajustar estrutura de ganho no mic do púlpito, (o condensador gooseneck) porque ou fica baixo demais, ou entra na região de microfonia.
    • -Nos outros 3 mics a microfonia não é tanta, mas o ganho ainda assim tem que ficar bem baixo. (Os mics sem fio quase não dão microfonia, mas são usados só para oradores, raramente para canto.)
    • -Como 2 canais são para o Piano Digital (ligado no canal 12 estéreo do mixer), sobram 2 Lines apenas para instrumento; liga-se dois violões, e não tem canal para o baixo, ou para algum instrumentista convidado.
    • -O único Equalizador disponível é o do Mixer (7 bandas), que não ajuda nada com as microfonias.
    • -O mixer fica no fundo do salão, atrás de uma divisória de vidro, o que dificulta muito ouvir e mixar o áudio.

    IDEIAS PARA MELHORAR O SOM
    COMPRAR A CURTO PRAZO, COM O ORÇAMENTO DE 5 MIL
    1. -Comprar um mixer digital: Soundcraft UI24r, ou Midas Mr18, ou Beringher XR18, ou Soundcraft UI16, nessa ordem, dependendo do preço, que está doido com o dólar flutuando.No dia 18/11/2019, a UI24 estava 4.330,00 em 12 x na MundoMax. Ontem estava 5.200,00, e hoje está 4.564,90. Mas a Beringher XR18 está por 4.620,53 na Crunch Music. Com um desses eu ganharia mais canais, equalizadores, compressores, gates, e no caso da Soudcraft ainda tenho o Anti Feedback, e não precisaria mandar fazer outro multicabo porque posso deixá-lo no palco.
    2. -Comprar 3 DIs ativos Landscape HB2. (Achei no ML por 126,00, daria um total de 378,00)
    3. -Comprar ou mandar fazer em madeira ( para combinar com o resto da decoração) um rack para o mixer e o amplificador LL Proaudio, e um filtro de linha, que ficaria no palco, ao lado da bateria, provavelmente. (Não sei o custo, provavelmente seria feito por alguém da igreja)
    4. -Comprar um tablet para operar o mixer. (Provavelmente receberemos em doação)
    5. -Consertar o drive da caixa de monitor SpeedVoice atual, e utilizá-la como retorno para os cantores e para o pregador. (Não tenho ideia do custo..)

    MUDANÇAS IMEDIATAS

    • -Eu colocaria o rack com o mixer e o amplificador em um lado do palco, e ligaria tudo direto no mixer, sem multicabo. As PAs e o retorno, ligaria direto no amplificador. Acessaria o mixer pelo tablet a comprar, e pelo notebook que já temos.
    • -Utilizaria o compressor e equalizador que esses mixers digitais têm, e no caso da UI24, o AFS contra microfonias.
    • -O piano digital e os 2 violões (ou 1 violão e um baixo elétrico, quando tiver) ligaria através de DI, e os mics ligaria direto no Mixer.
    • -DIs e o Gooseneck seriam alimentados pelo Phantom Power.
    • -A bateria, quando começasse a ser utilizada, (baterista em formação) ficaria acústica mesmo.

    COMPRAR A MÉDIO PRAZO, COM OUTRO ORÇAMENTO FUTURO, de aproximadamente 5 mil:

    • -Comprar 4 fones AKG 404p, para retorno dos instrumentos, e para usar no mixer. (Achei no ML por 120,00 cada, total 480,00)
    • -Comprar 1 amplificador de fones, com 4 ou 6 canais, que ficaria no rack junto com o mixer. (Não achei por menos de mil, o H8000, e alguns outros)
    • -Comprar 4 microfones dinâmicos Samson Q7, e substituir os atuais. ( Achei no ML por 220,00 cada, total 880,00)
    • -Comprar uma caixa amplificada Mark Audio MK1550 de 500w, para usar em eventos, e como monitor no lugar do atual, liberando o canal do amplificador para que cada caixa do PA esteja em seu canal corretamente. (Achei por 1.880,00 acho que no ML)
    • -Comprar um kit de microfones para a Bateria, e um aquário para ela. (O kit vi uns de 800 reais, e o aquário não tenho a menor ideia.)

    DÚVIDAS
    • -Essas PAs precisam ser trocadas? Não as acho ruins, mas não são tão boas como as da Mark Audio, que já usei.
    • -Um sub é necessário, ou poderemos utilizar baixo elétrico direto nos PAs? (Até porque não gosto de amplificador de baixo no palco, com o volume disponível para o instrumentista mexer...)
    • -Seria mais vantagem trocar caixas, microfones e retorno agora, e só mais pra frente trocar o mixer (caso em que teria que comprar um equalizador, provavelmente)?
    • -Essa ordem de prioridades de gastos e esses equipamentos estão corretos, ou há algo destoando do resto, quanto a qualidade e resultados?

    Novamente, muito obrigado pela atenção de todos!
     

Compartilhe esta Página