• This site uses cookies. By continuing to use this site, you are agreeing to our use of cookies. Learn More.

Impedância da caixa de som

#1
Como é formada a impedância final da caixa de som?

Por exemplo, temos uma caixa de 3 vias em paralelo, ambas de 8 ohms cada, a impedância da caixa será = 2,7ohms?

Como fazer então para uma caixa de 3 vias ter 8 ou 4 ohm de impedâncias?

Abraços.
 
#2
Normalmente, as caixas que têm divisores de freqüência têm o valor especificado pela entrada do divisor (que é a entrada da caixa), que no final das contas dá a impedância.

Em casos onde não há divisores, pode-se usar resistores associados aos falantes, mas isso não é muito normal... é difícil encontrar os resistores com os valores adequados.

[]'s
 
#3
Por exemplo, a caixa de retorno da igreja, não sei quais são os valores de impedancia das vias, mas é um woofer e um supertweeter. Não tem divisor, apenas um capacitor.

Tenho que revisar a ligação dessas caixas com os amplificadores para ver se está tudo ok.

As caixas do PA nunca desmontei, estou querendo fazer isso pra anotar os valores das vias e ver se tem algum divisor nela.

Dá para medir a impedância com um multímetro na saída da caixa?
 
#4
Dá.

Se as caixas possuirem conectores P10, é só plugar um cabo P10/P10 e medir a resistência entre a ponta do plugue e a massa (aquela parte maior). Se for borne, é só colocar as pontas de prova nos bornes e medir... complica um pouco se o conector for Speakon.

[]'s
 

bersan

Administrator
Moderador
#5
Ls.Bastos,

os capacitores utilizados como filtros passa-altas (sozinhos ou como divisores de frequências) "mascaram" a impedância dos falantes a eles conectados.

Como em uma caixa de 3 vias usamos capacitores na via dos médios e na via dos agudos, o amplificador só vai "enxergar" a impedância do woofer, onde não usamos capacitor algum.

No seu exemplo, uma caixa 3 vias com cada falante de 8 Ohms, é enxergado pelo amplificador (e pelo multímetro também) como de 8 Ohms.

Isso para caixas do tipo "full-range". Em sistemas multi-vias (onde usamos crossovers ativos), cada falante é enxergado diretamente pelo amplificador.

Falando em teste pelo multímetro, ele mede resistência elétrica da bobina, enquanto a impedância do falante leva em conta mais fatores, como a inércia mecânica de movimentação do cone, etc. Traduzindo: se você encontrar valores menores que 8 Ohms (em geral, entre 6 e 7 Ohms), não se assuste. O falante (ou caixa) é mesmo de 8 Ohms, será enxergado assim pelo amplificador. Da mesma forma, medir com multímetro uma caixa de 4 Ohms resulta quase sempre em valores próximos a 3,5 Ohms.

Um abraço,

Fernando.